Ação de prevenção de doenças renais atende de graça na Capital

Uma parceria entre a Associação dos Pacientes Renais de Santa Catarina (Apar/SC) e a Renal Vida resultou em uma ação de conscientização sobre doenças renais no centro de Florianópolis nesta quinta-feira (22). Entre às 9h e 17h, cerca de 50 voluntários, entre médicos e técnicos de enfermagem, estarão prestando atendimento gratuito à população.

Com a instalação de um rim inflável de 7 metros dentro do Terminal de Integração do Centro (Ticen), a expectativa do evento é de atender cerca de duas mil pessoas, entre a realização de exames e a entrega de panfletos com informações preventivas sobre as doenças renais.



“Partindo do princípio que as doenças renais são silenciosas, quando as pessoas descobrem o diagnóstico, já perderam as funções do rim, então a ideia da prevenção é justamente evitar que essas pessoas cheguem ao ponto de, por exemplo, precisar de uma hemodiálise”, destaca o presidente da Apar, Humberto Floriano Mendes.

A ação faz parte de uma campanha do Dia Mundial do Rim, celebrado em toda segunda quinta-feira do mês de março. Como neste ano a data caiu no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, a ação foi adiada para esta quinta com o objetivo de reforçar a importância dos cuidados com os rins, dando prioridade às informações sobre os fatores de risco de doenças renais crônicas.

“Queremos trazer hábitos saudáveis, tomar bastante água, fazer exame de queratinina, por exemplo. São hábitos fundamentais, em especial para pessoas com diabetes e hipertensão, essas tem que tomar realmente muito cuidado”, lembra Humberto.

Doação de órgãos
Santa Catarina é o estado brasileiro líder na doação de órgãos, sendo referência no sistema de transplantes. De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia, o índice catarinense de doadores de múltiplos órgãos por milhão de população é de 36,8%, mais que o dobro da média nacional, que é de 14,6%, superando, inclusive, países europeus.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com