Após 10 anos do anúncio, duplicação da BR-280 em SC tem 12% da obra realizada

No último sábado (5), completaram-se 10 anos do anúncio da duplicação da BR-280. Até agora, apenas 12% do projeto foi executado. Enquanto isso, 152 pessoas morreram em acidentes no local. A previsão é de que a obra tenha um custo de R$ 1 bilhão, mas a demora na liberação dos recursos atrasa o andamento do trabalho.

“A 280 nós estamos prevendo investir R$ 120 milhões e pensamos em concluir no terceiro trimestre de 2010”, disse em maio de 2008 a então ministra da Casa Civil Dilma Rousseff.

Dez anos depois do anúncio, as obras de duplicação continuam tão lentas quanto os congestionamentos na rodovia. “Daqui a pouco, nós ficamos inviáveis em algum mercado em relação ao aumento do nosso custo pelo que traz de problema a rodovia”, afirmou o vice-presidente da Associação Empresarial de Araquari Ederaldo Brites da Maia.

A situação afeta diretamente os comerciantes que dependem da BR-280, além do que, desde 2008, o trecho de 74 km, entre São Francisco do Sul e Jaraguá do Sul registrou quase 6 mil acidentes que tiraram a vida de 152 pessoas.

“O atraso da obra é basicamente esse: o [Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes] DNIT não recebe os recursos suficientes para ter um andamento adequado nas obras”, explicou o engenheiro do DNIT Antônio Carlos Bessa.

O DNIT prevê R$ 1 bilhão para que a duplicação seja concluída. Se os valores fossem repassados conforme a necessidade, as obras poderiam ser concluídas em quatro ou cinco anos.

“Se mantivermos este ritmo de liberação de recursos, teremos mais 10 anos de obra. Isso é que temos que brigar para reverter”, declarou Antônio Bessa.

G1 SC

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com