Após PM matar traficante, Delegacia de Tijucas é vitima de atentado.

Na tarde desta terça-feira, dia 7, a Polícia Militar foi prestar apoio a Celesc para corte de energia de inadimplentes na região do Jardim Progresso (vulgo Sem Terra), em Tijucas.

Após a entrada próximo a rua que interliga as vias Osvaldo Argino Cordeiro e Adriel Menezes, fora avistado um masculino que vinha correndo no sentido que passavam os policiais. Este ao ver os Policiais parou repentinamente ficando sem saber o que fazer, ao ver que seria abordado saiu correndo pulando muros se escondendo nos fundos de uma residência em um ‘rancho’, onde foi capturado pelos policiais. Tratava-se de um menor, identificado como P.C.S.J. de 16 anos. Ele possuía um rádio comunicador, tipicamente usado pelos “olheiros do tráfico” para comunicar a chegada da polícia. O menor foi contido e apreendido.

Em ato continuo, quase ao final do “Sem Terra”, os policiais se depararam com dois masculinos, que ao ver os policiais, saíram correndo entre os casebres e vielas com material na mão, não sendo conseguido identificar os objetos.
Enquanto era realizado a verificação no local de onde os masculinos saíram, foram encontrados uma porção de maconha, cerca de 444g e uma balança de precisão.
A viatura do PPT que acompanhava a operação, continuou a busca pelos suspeitos, onde um conseguiu fugir e o outro adentrou em uma residência sendo acompanhado em seguida sendo encontrado pelos homens do PPT.

Os policiais ao verem que o infrator estava armado determinaram que este largasse a arma, o qual não acatou a ordem e fez menção de apontar a arma para os Policiais. Os PMs reagiram e alvejaram o infrator, cessando a agressão.
De pronto fora acionado os bombeiros, o qual compareceu ao local, a fim de socorrer o infrator, porém este não resistiu aos ferimentos vindo a óbito no local.
O traficante morto foi identificado como Rudimar Fernandes, que tinha mandado de prisão ativo, com várias passagens e conhecido no meio policial .

Enquanto era realizado os procedimentos, ouviu-se disparos contra os policiais que ali estavam, atingindo uma viatura no porta malas.
Os policiais saíram em busca dos atiradores porém estes não foram localizados. Fora encontrado cápsulas de 9mm nas imediações sendo recolhidas pelo IGP.

Fora realizados os procedimentos pertinentes. Bem como concluída a primeira etapa do corte de energia em apoio a Celesc.
Enquanto os policiais militares estavam no Jardim Progresso houve informação que haviam efetuados disparos contra a Delegacia de Polícia, onde em seguida foi deslocado a DP em conjunto com os policiais civis constatando o fato, adotando-se os procedimentos padrões.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com