Após roubar carro de igreja e bater em padre, homem é preso suspeito de matar a mãe em SC

Um homem de 47 anos foi preso na quarta-feira (18) em Apiúna, no Vale do Itajaí, suspeito de matar a mãe, Miriant Veneranda Vieira, de 75 anos. Conforme a Polícia Civil, ele foi detido durante a fuga após tentar roubar dois veículos e agredir o padre e uma fiel em uma igreja do munícipio.

Segundo o delegado Renan Scandolara, o homem foi levado à delegacia de Apiúna no início da tarde de quarta. A polícia foi acionada porque ele teria tentado roubar uma moto no Centro.



Não conseguindo levar o veículo e, ainda de capacete, o suspeito entrou em uma igreja próxima para tentar pegar as chaves do carro paroquial. No local, agrediu uma senhora que estava rezando e o padre. Após detido, na delegacia, os policiais tentaram entrar em contato com familiares.

“Os policiais sabiam que ele morava sozinho com a mãe dele, idosa. Ela passava o dia todo em casa. Como não atendeu ao telefone, ficaram preocupados e foram até casa. O local estava fechado, sem sinal de arrombamento. O cadáver estava em um dos cômodos”, disse o delegado.

A Polícia Civil ainda aguarda o laudo cadavérico final do caso, mas o Instituto Médico Legal (IMl) confirmou que ela morreu por asfixia, o suspeito teria apertado o pescoço dela. Exames também são feitos para identificar possíveis abusos.

O delegado trabalha com a hipótese do crime ter sido cometido na noite de terça-feira (17). Ele representou pela prisão preventiva do homem por feminicídio, tentativa de roubo e lesão corporal. O homem declarou ser desempregado.

Segundo o delegado, o suspeito não tinha passagens relacionadas a violência doméstica, mas havia registros de lesão corporal.

Parentes chegaram a prestar depoimento na delegacia sobre necessidade de internação dele por problemas psicológicos. A motivação do crime está em investigação.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com