Atividades monitoradas no Parque Raimundo Malta começam em março

A partir de 06 de março, o Programa Terra Limpa reinicia as atividades monitoradas de educação ambiental no Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta. Escolas e faculdades que quiserem visitar o local com o acompanhamento de educadores ambientais já podem agendar uma data. As visitas são gratuitas e começam no início de cada ano letivo.

O público-alvo das atividades são estudantes das redes municipal, estadual e particular e das universidades. Para a educação infantil, o limite de idade é três anos.



Em 2018, os grupos terão mais opções de horário para conhecer o Parque. No ano passado, as visitas monitoradas eram realizadas de terça a sexta-feira à tarde e, de manhã, apenas em dois dias. Agora, elas ocorrerão de terça a sexta-feira, de manhã e à tarde. Porém, é preciso agendar a visitação pelo fone (47) 3363-7145, com o Setor de Educação Ambiental, das 13h às 19h.

Para reduzir impactos ambientais e garantir a qualidade do monitoramento, o grupo deverá ser formado por, no máximo, 40 alunos, que têm de estar acompanhados de professor. Crianças com menos de cinco anos não participarão de atividades nas trilhas ecológicas, no mangue e na margem do Rio Camboriú.

“O Programa Terra Limpa atende cerca de mil alunos ao mês nas trilhas e estrutura do Parque Natural Raimundo Malta. Nossa agenda de visitas monitoradas é muito solicitada. Portanto, é imprescindível que as entidades interessadas, professores, grupos e coordenadores entrem em contato conosco com bastante antecedência. Faremos o possível para contemplar todos os grupos que nos solicitarem visitas e palestras”, diz a educadora ambiental do Programa Terra Limpa, Viviane Ordones.

Programa-se

O que: atividades monitoradas de educação ambiental no Parque Raimundo Malta
Quando: começam em 06 de março, somente com agendamento, de terça a sexta-feira. Agendamentos já podem ser feitos pelo fone (47) 3363-7145, com o Setor de Educação Ambiental, das 13h às 19h
Quanto: gratuito

Orientações
– Os educadores ambientais recomendam, para a visita, o uso de calçado fechado, calça comprida, repelente e protetor solar
– O lanche fica sob a responsabilidade da escola. O responsável pela turma deve estar atento para evitar que embalagens e poluentes não sejam deixados fora das lixeiras
– As trilhas serão previamente determinadas de acordo com a faixa etária da turma e o tema abordado em sala de aula
– Os professores devem informar o setor de Educação Ambiental sobre o tema da visita ou o projeto que está sendo trabalhado em sala de aula
– Caso chova no dia anterior ou no dia da visita, a atividade será suspensa e novo agendamento deverá ser efetuado.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.