Barcos da Volvo Ocean Race partem para Hong Kong

A quarta etapa da Volvo Ocean Race 2017-18 teve início na madrugada desta terça-feira (2) e os sete barcos da disputa, incluindo o da brasileira Martine Grael, seguem bem próximos.

A perna da australiana Melbourne até Hong Kong terá 5.600 milhas náuticas e deve durar aproximadamente 15 dias. Os espanhóis do Mapfre lideram a classificação geral da regata de Volta ao Mundo. Mas a etapa entre Melbourne e Hong Kong é a chance do team AkzoNobel, que tem a brasileira Martine Grael, ganhar posições. A equipe ocupa a sexta colocação no geral e na última etapa ficou na última posição por problemas no barco.

”Eu não sei o que esperar de resultado, só sei que a tripulação nunca esteve mais pronta para ir pra água. Está todo mundo com vontade de tirar um resultado bom. Tem uma energia positiva na equipe. Acho que vai dar boas coisas”, disse Martine Grael.

As outras três etapas foram vencidas por Vestas 11th Hour Racing (Leg 1) e Mapfre (Leg 2 e Leg 3).

Itajaí na Volvo Ocean Race
Itajaí representa pela terceira vez Santa Catarina e o Brasil na Volvo Ocean Race, o maior evento de vela do mundo. Só em 2015, 350 mil visitantes participaram do evento em Itajaí.

A Vila da Regata brasileira ficará aberta ao público de 5 a 22 de abril de 2018 e a previsão é que os primeiros barcos cheguem ao litoral catarinense no dia 8 de abril.

No dia 20 de abril será realizada a In-Port Race, uma competição que é realizada nos locais de parada. No dia 21, os barcos estarão abertos ao público e, no dia 22, será a partida das equipes de Itajaí rumo a New Port (EUA).

Percurso
Nesta edição os barcos partiram de Alicante na Espanha e já realizaram uma parada em Lisboa (Portugal), Cidade do Cabo (África do Sul) e Melbourne (Austrália). Os veleiros ainda vão aportar em Hong Kong, Guangzhou (China), Auckland (Nova Zelândia), Itajaí (Brasil), New Port (Estados Unidos), Cardiff (País de Gales), Gotemburgo (Suécia) e Haia (Holanda).

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com