Criança morre afogada em hotel no centro de Balneário

Uma menina de oito anos morreu ontem afogada na piscina do San Felice Hotel, que fica na rua 1922, no centro de Balneário Camboriú.
Os cabelos da criança, apenas identificada como Rachel, teriam sido sugados pelo ralo da piscina.
De acordo com a Polícia Militar, o acidente ocorreu perto das 18h.
“No momento da chegada dos policiais militares a vítima estava fora da piscina, com pedaços do ralo ainda presos ao cabelo e recebendo atendimento médico”, relatou a PM.
Um médico que prestava socorro à criança tentou por várias vezes reanimá-la mas já era tarde demais. Rachel morreu no local.
O San Felice é um hotel de quatro estrelas e que conta com duas piscinas térmicas e cobertas. Foi numa delas que a criança sofreu o acidente, enquanto brincava.
A criança é de São Paulo e veio para Balneário Camboriú numa excursão.
Ao ser procurada, a gerência do hotel não quis se manifestar sobre a tragédia.
Sistema anti sucção
Uma lei estadual sancionada em novembro de 2015 pelo governador Raimundo Colombo obriga todos os proprietários de piscinas, particulares ou coletivas, a instalarem sistema de antissucção. Esse sistema deve ter ralo anti aprisionamento ou “tampas de tamanho não bloqueável nos ralos de sucção”. O sistema serve para evitar tragédias como a da pequena Rachel. Quem não cumprir a lei recebe multa e pode ter a piscina interditada.
Fonte: Diarinho / 12 BPM

Um comentário em “Criança morre afogada em hotel no centro de Balneário

Os comentários estão desativados.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com