Crianças e adolescentes de Camboriú têm até a sexta-feira para tentar uma vaga no Programa Tatu

Estudantes do 5º ao 7º ano de qualquer unidade de ensino em Camboriú podem procurar a secretaria da sua escola para se inscrever no processo seletivo do Programa Tatu de Educação Socioambiental até essa sexta-feira, dia 9. O programa, oferecido sem custo aos estudantes pela Prefeitura por meio da sua Fundação de Meio Ambiente, promove encontros quinzenais – comandados por educadores ambientais do município – em que são trabalhados os temas do Calendário Ecológico.

Ao longo do ano, os alunos do Programa Tatu participam de aulas, oficinas e passeios a campo em que aprendem sobre a Bacia Hidrográfica do Rio Camboriú, separação de resíduos e reciclagem, entre outros assuntos relevantes para que recebam ao final do ano o certificado de Agente Ambiental. “Outro benefício do programa é a integração que cria entre os estudantes de diferentes escolas e bairros, que passam a conhecer e respeitar a realidade uns dos outros”, comenta a educadora ambiental Teresinha Dalla Rosa.



Quem ingressa no Programa Tatu também recebe um kit com materiais como sacola ecológica, camiseta e boné com a identificação da Fundação de Meio Ambiente. Esses alunos participam ainda de outras ações desenvolvidas pela Fucam com foco na divulgação de temas ambientais, como o Projeto Rádio Escola – criado pelo Município em 2017.

“O objetivo maior do programa é formar jovens que conheçam a realidade socioambiental da nossa cidade e a importância de preservar e respeitar a natureza. O município investe na formação dessas crianças e adolescentes para que sejam multiplicadores desse conhecimento em suas escolas, vizinhanças e famílias. É uma maneira de trabalharmos para o desenvolvimento sustentável de Camboriú”, explica a presidente da Fundação de Meio Ambiente, Liara Rotta Padilha Schetinger.

Processo seletivo

No ano passado, 50 crianças e adolescentes se formaram agentes ambientais do Programa Tatu. Neste ano, a oferta de vagas foi aumentada para 120, com liberação de vagas também para os estudantes das escolas estaduais e privadas, além das municipais. O edital com regulamento, ficha de inscrição e de autorização dos pais ou responsáveis está disponível no site da Prefeitura (Editais > Fundação do Meio Ambiente). A ficha e a autorização devem ser preenchidas e entregues na secretaria da escola para garantir a inscrição no processo seletivo.

A prova escrita será realizada no dia 24 de março – das 9 às 12 horas. Serão nove questões objetivas e uma discursiva sobre assuntos que o candidato aprendeu durante o ano letivo anterior, além de temas ambientais e atualidades. O resultado será divulgado no dia 29 de março. Os agentes selecionados serão divididos em dois turnos: matutino e vespertino. São ofertadas, por turno, 40 vagas para alunos de escolas municipais, 10 de particulares e 10 para estaduais.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.