Eleições 2018: confira os números da nova pesquisa Ibope para o governo de SC e Presidência

O segundo turno da eleição ao governo de Santa Catarina começa com vantagem de 16 pontos percentuais de Comandante Moisés (PSL) sobre Gelson Merisio (PSD). Isso é o que mostra a primeira pesquisa Ibope desta etapa final da disputa, contratada pela NSC Comunicação. O levantamento foi realizado entre 16 e 18 de outubro e tem margem de erro máxima de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Na pesquisa estimulada, Moisés foi citado por 51% dos entrevistados, enquanto Merisio foi a escolha de 35%. Brancos e nulos somam 9% e outros 6% estão indecisos.



Levando em conta apenas os votos válidos, quando são excluídos os brancos, nulos e indecisos, o candidato do PSL tem 59% contra 41% do concorrente do PSD. Os votos válidos são os que os tribunais eleitorais consideram para os resultados oficiais da votação.

Potencial de voto

O Ibope questionou o potencial de voto de forma separada para cada candidato. No caso de Moisés, 38% disseram que com certeza votariam nele para governador, 19% que poderiam votar nele para governador, 17% que não votariam nele de jeito nenhum, 25% não o conhecem o suficiente para opinar e 2% não sabem ou preferem não opinar.

Quando os questionamentos são feitos sobre Merisio, 20% disseram que com certeza votariam nele para governador, 25% que poderiam votar nele para governador, 25% que não votariam nele de jeito nenhum, 28% não o conhecem o suficiente para opinar e 2% não sabem ou preferem não opinar.

Avaliação do governo estadual

Além dos números da corrida eleitoral, o instituto questionou os eleitores de Santa Catarina sobre a avaliação da administração estadual. O governador Eduardo Pinho Moreira (MDB), que não concorreu à reeleição, tem a gestão desaprovada por 45% dos entrevistados, contra 35% que aprovam. A administração do emedebista é considerada regular por 50%, contra 20% de ruim ou péssima e 16% de ótimo ou bom. Do total de entrevistados, 13% não souberam avaliar.

Presidência

A pesquisa Ibope contratada pela NSC Comunicação também apurou as intenções de voto dos catarinenses para o segundo turno da votação para a Presidência da República.

Jair Bolsonaro (PSL) aparece com 66% da preferência do eleitorado e Fernando Haddad (PT), com 23%. Brancos e nulos somam 7% e 4% não sabem ou preferem não opinar. Considerando apenas os votos válidos, Bolsonaro tem 74%, contra 26% de Haddad.

Avaliação do governo federal

Além dos números da corrida ao Planalto, o instituto questionou os eleitores de Santa Catarina sobre a avaliação da administração federal. O presidente Michel Temer (MDB) tem a gestão desaprovada por 87% dos entrevistados, contra 9% que aprovam. A administração do emedebista é considerada ruim ou péssima por 76% dos eleitores, contra 17% de regular e 5% de ótimo ou bom.

Ficha técnica da pesquisa

Período da pesquisa: 16 a 18 de outubro
Tamanho da amostra: 812 eleitores em 44 municípios
Solicitante: NSC COMUNICAÇÃO
Margem de erro: máxima de três pontos percentuais para mais ou para menos
Nível de confiança: 95%
Registro: no TRE-SC sob o número  SC- 08537/2018 e no TSE sob o número BR- 01895/2018

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.