Em programa gravado em Novembro, fala de Faustão gera confusão em redes sociais.

O apresentador Fausto Silva avaliou o cenário político atual e fez um comentário, após uma opinião dada pela atriz Sophie Charlotte, durante o “Domingão do Faustão”, exibido neste domingo (6).

A fala, mal interpretada por muitos, gerou confusão nas redes sociais. O apresentador na verdade exemplificava “incompetentes” que são colocados no governo e prejudicam a população. Sem direcionar para um ou outro político



Confira a fala na íntegra.

“Na hora do Carnaval e da seleção, o brasileiro (e nós sabemos muito bem) é um povo que tem união, tem solidariedade, tem uma integração. Por que isso não acontece nas coisas sérias? Lutar por educação, saúde pública, contra a corrupção, contra a incompetência que é um tipo de corrupção.” E exemplifica “O imbecil que está lá, e não devia estar, pode até ser honesto, mas é um idiota que está e está ferrando com todo mundo”, disse ele se referindo a um indivíduo incompetente.

E completou: – “Você paga imposto e o que você recebe? Então, vamos ver se esses novos ares vão mudar. Vamos ver. Tem que rezar para dar certo, não adianta rezar contra”, se referindo ao novo governo de Jair Bolsonaro.

A frase sobre o “imbecil que está lá e não deveria” gerou confusão nas redes sociais e deu margem a várias interpretações: alguns, por exemplo, que não sabiam se tratar de um programa gravado, entenderam como se Faustão estivesse xingando o presidente, Jair Bolsonaro.

Vale lembrar ainda que, na contramão da emissora, o apresentador, que é dono do horário do programa, sempre declarou oposição ao governo do PT. Seus comentários políticos em seus programas, sempre foram duros contra corrupção e a situação econômica e moral do país.

Segundo UOL apurou, a edição desse programa foi gravada ainda em novembro – portanto, durante o governo Temer, depois das eleições e antes da posse de Bolsonaro -, e exibido apenas neste domingo como parte das comemorações dos 30 anos de programa.

Uma pessoa ouvida pela reportagem do UOL (e que participou dessa gravação) explicou que Faustão falava de “forma genérica” e “não tem nada a ver com qualquer governo”

Agora assista o vídeo, por outra ótica.

Comente Abaixo