Enfermeira e médica são acusadas de racismo em Ilhota

Um caso de suposto racismo envolvendo uma adolescente grávida de 16 anos e duas profissionais da saúde da Prefeitura de Ilhota tem agitado o município do Vale. A família da jovem acusa a enfermeira e a médica de terem tratado a paciente com desprezo por ela ser negra.

O fato teria acontecido na segunda-feira, 09, e uma manifestação está marcada para acontecer nessa sexta-feira, 13, a partir das 15h30.



De acordo com a irmã, Carolina Correia, a adolescente foi até o Posto de Saúde solicitar a requisição para o pré-natal e a enfermeira teria dito que ela transmitiria doença para o bebê por ser negra. Após o episódio, ela voltou para casa abalada e os demais familiares retornaram à unidade de saúde para cobrar explicações. Segundo Carolina, outras reclamações surgiram após a publicação do vídeo nas redes sociais e o movimento poderá ganhar mais força.

Na prefeitura quem se pronunciou ao DIARINHO foi o Procurador Jurídico Luiz Fernando Maba. Ele explica que o município abrirá uma sindicância disciplinar para apurar se o caso realmente aconteceu.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com