Engenhosidades – Coluna Ao Meu Ver por Gian Del Sent

A campanha eleitoral anda a mil. Dentre erros e acertos, a engenhosidades das coligações para conseguir angariar os votos na região tem tido de tudo um pouco. Engraçado ver de fora.
Enquanto os militantes e candidatos se digladiam entre si, quem tá quietinho só cresce.

Engenho das (novas) Idéias
Mudanças vão acontecer esta semana no alto da rua Dinamarca. A empresa contratada para serviços de publicidade da prefeitura, a agência Engenho de Ideias, terá que passar o bastão.
Saiu a decisão final favorável ao recurso feito pela Agência Tempo Brasil, de Balneário.



Briga longa
A Tempo Brasil entrou com recurso depois de ser inabilitada por “supostas” irregularidades encontradas avaliação dos documentos apresentados por ela no certame. Recorrido a justiça na comarca de Balneário, chegou a ser suspensa a licitação, mas a juíza Adriana Lisboa deu favorável a prefeitura.
Recorrendo ao MP e ao TCE, a Tempo Brasil conseguiu o endosso para que, em segunda instância, fosse martelado pelo desembargador João Henrique Blasi, esta semana, a decisão pela imediata habilitação da agência como vencedora da licitação. Acompanhou o relator, com unanimidade, os desembargadores Francisco Oliveira Neto e Sérgio Roberto Baash Neto.

Parcialidade
O desembargador e relator do processo, João Henrique Blasi, em outros termos, disse que houve parcialidade na análise dos documentos e que a Secretaria de Compras se apegou em detalhes que não eram o foco principal da licitação. A Tempo Brasil foi a melhor colocada nos quesitos técnica e preço, modalidade do certame, e foi inabilitada por detalhes que poderiam facilmente ser elucidados através de simples diligência. No trecho, o relator ainda cita que foi feito diligência para outra concorrente.
A questão se agrava diante dos fatos de que se tratava de uma licitação do tipo técnica e preço e de que a empresa Representante havia sido classificada em primeiro lugar quanto à técnica apresentada.”  … e completa:
O modus agendi das autoridades impetradas retrata formalismo exacerbado, que, no fundo, contravém ao princípio reitor da licitação (selecionar a proposta mais vantajosa), eis que redutor das possibilidades de contratação, mais ainda porque alusivo a dados/informações/documentos supríveis por singela diligência, procedimento, aliás, admitido em favor de outra concorrente, e não pode ser aceito por vulneração a valores intransigíveis como isonomia e razoabilidade.” .

Prudência x Inoperância
Estou levantando essa lebre com tantos detalhes, justamente porque sempre falei que “excesso de prudência gera inoperância”. Sem contar o quanto fui rechaçado, criticado e quantos fizeram “bico” pra mim ao apoiar a real ganhadora do certame e ir contra a secretaria de compras que fez toda a bagunça. Diz as más línguas que foi proposital pelo fato da Tempo Brasil ter trabalhado no governo do Piriquito, mas não posso confirmar. Porém, licitação é licitação. E sei que o competentíssimo Adriano Cordeiro, diretor geral da Tempo Brasil, passou uns maus bocados no início do contrato na gestão do prefeito ave.

Gaudéria
A Engenho de Ideias é de Porto Alegre, pouco sabe da cidade, dos costumes e de como se conversa por aqui. Sem contar que gera emprego apenas na capital gaúcha, tendo em Balneário um escritório com 2 ou 3 funcionários. Todo o operacional fica lá. Gente daqui entende a cidade, sabe como nos comunicamos, gera emprego aqui, gera renda aqui e paga imposto aqui. Ponto.

Eleição
A campanha na região da maravilha do atlântico tem me causado boas risadas. Entre ataques de militantes acusando uns aos outros com argumentos fracos e sem pensar muito nas palavras, surge aquela sensação do “mais do mesmo”.

PPS
Ary até que enfim se acertou com o designer. Saiu uma arte supimpa para a campanha, trazendo o ar da representatividade para “todas as cores”. Uma pena as militâncias estarem mal orientadas nos debates e nos embates. Muita cutucada e pouco conteúdo. Ary é cara bom, mas tá faltando conteúdo.

CH
O cara tem trabalhado bastante, mas assim como o caso de Ary, militancia está mal orientada e não se alinham nos argumentos. Ficam basicamente no rebate, no contra-ataque e por mais que a bandeira ficha limpa venda bem, falta alinhar o pensamento e orientar os apoiadores para se sair bem nos debates.

Magnânimo
Depois de um bom tempo escondido, seguindo o padrão de quando era prefeito, Piriquito andou mostrando as asas. Com uma militância bem alinhada e bem orientada, o grupo peca pela mentira. 
Mentira e ocultação de fatos nos argumentos. Até a cancha dos idosos da Christina ele resolveu apadrinhar. É sabido que a verba veio da secretaria de Turismo Esporte e Cultura do estado e pelas mãos de Leonel Pavan. Mas pelo fato lógico de ter passado pela ADR, antes de vir para o município, militantes tem se vangloriado por isso. Oi?

Tem mais
Ainda tem outros que falam da escola Higino Pio mas esquecem que o
líder ficou meses e a construção durou anos. Sem contar a inauguração nas coxas faltando inclusive carteiras. Lembram da passarela e esquecem da Trato Feito, lembram do Hospital mas esquecem que além de levar 3 anos para abrir, teve um período de 6 meses que morreram 176 pessoas, entre elas 22 crianças. Lembram do binário mas esquecem do superfaturamento do elevado da Quarta Avenida e os mais de 500mil gastos apenas com o projeto. E tem muito mais. A memória é seletiva.

Seletividade
Tão seletiva, que criticam CH, Gotardo,
Paulinha e vários outros por estarem em meio a um mandato e estarem tentando uma vaga em outra esfera. Mas esquecem que Pavan deixou de ser prefeito pra tentar como deputado, deixou de ser prefeito para tentar como senador, deixou de ser deputado para ser secretário e lá está. Assim como Piriquito deixou de ser vereador para tentar prefeito, deputado para ser prefeito, quase deixou a prefeitura para tentar uma utópica governança no estado e deixou a ADR para tentar deputado. Né?

Bolsonaro
Tentaram matar o Bolsonaro.
Digno de vergonha para TODOS os brasileiros, chegarmos a esse ponto.
Inclusive dos que acharam o máximo e, com discurso de vingança, dizem que Bolsonaro pediu isso. Oi? O cara luta contra a bandidagem, é contra a violência contra o cidadão de bem e leva uma facada de um bandido. Ele pediu? Menos né?
Comemorações vindas de pessoas que não sabem o que é figura de linguagem e chamam a Dilma de presidentA, é de se esperar. Mas vir de gente esclarecida, dá ânsia.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.