Erro de médica causa repercussão em caso de gestante do Ruth Cardoso

Na noite desta sexta-feira, dia 02, a postagem de um homem que relata o caso de sua esposa, grávida de gêmeos, no Facebook, causou repercussão e passou de 1800 compartilhamentos na rede social.

O pai relata que uma médica agendou a cesária de sua esposa no dia de hoje, ao chegar ao hospital, uma outra médica plantonista mandou a gestante para casa e alegou que não teria médico para fazer a cirurgia por ser fim de semana.



Ao saber do caso, a secretaria de saúde, juntamente com a direção do Hospital se mobilizaram para resolver o caso. A direção do hospital tentou contato com a família, por duas horas, até que conseguiram falar com o pai e o casal retornou ao hospital para nova avaliação.

A secretária de saúde, Andressa Haddad, emitiu uma nota esclarecendo os fatos.

Segue

A Secretaria de Saúde esclarece que às 20h30min, quando soube do encaminhamento dado à gestante Cristiane de Andrade, que se apresentou para uma cesárea na manhã desta sexta-feira, 02, no Hospital Ruth Cardoso, entrou em contato imediato com a família para solicitar o retorno da gestante para uma nova avaliação no Centro Obstétrico do Hospital Ruth Cardoso.

A paciente passou por uma nova avaliação médica às 22h30min e deverá ficar internada no hospital para realização da cesárea. Mãe e bebês passam bem.

A Secretaria de Saúde esclarece ainda que o hospital atende sempre com dois obstetras e que não havia falta de médicos no horário em que a gestante se apresentou para fazer a cesariana.
A gestão apurou que houve erro já que a médica que fez a avaliação da paciente rejeitou a conduta médica anterior que havia previsto a cesárea para data do dia 2.

Enfatiza ainda, que a direção do hospital vai levantar todas as informações sobre o episódio, inclusive sobre a conduta médica, para que esse tipo de procedimento não se repita mais.

Andressa Haddad
Secretária de Saúde
—————————————

O prefeito Fabrício Oliveira foi pessoalmente acompanhar o caso e declarou que vai punir a responsável pela recusa da paciente. Ele gravou um vídeo com o pai da criança e com a secretária de saúde.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.