Escola Higino Pio: Aulas começam com falta de professores e de móveis

Por Diarinho.

A escola Estadual Prefeito Higino João Pio, no bairro das Nações, em Balneário Camboriú, começou a atender a alunada em fevereiro. Só que estão faltando até professores na unidade.
O início do ano letivo no João Pio foi no dia 26 de fevereiro. A mãe, que pediu para não se identificar, diz que faltam cadeiras. Ela conta que os estudantes passam mal nas salas, que não têm ventiladores ou ar-condicionado. “Inauguraram o colégio pra fazer bonito, mas não tem estrutura”, lasca.

Os problemas são tantos que, quase que diariamente, a direção do colégio coloca um comunicado no Facebook avisando a transferência ou a falta de aulas. “As salas estão fechadas. Tu entras e parece um colégio assombrado”, conta.

Semana que vem
Cleonice Berejuk, gerente de Educação da agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Itajaí, diz que a escola não foi inaugurada ainda. Ela foi aberta para atender os alunos e cumprir o calendário do ano letivo. Ela admite que algumas aulas tão sendo transferidas ou canceladas, mas garante que o conteúdo não será prejudicado.

A escola foi aberta para evitar a prorrogação das aulas no final do ano. “Poderíamos não ter aberto, mas comprometeria o calendário”, explica.
Cleonice lembra que a escola é nova, só teve duas semanas de aula e que são normais alguns ajustes. “O mobiliário chega até sexta-feira e a grande maioria dos professores já foi contratada”, diz.

A gerente justificou que as salas estão fechadas porque não há alunos suficientes pra toda a capacidade da escola. O colégio tem 1500 vagas, mas são apenas 800 matriculados.
Os professores têm conversado com os pais e explicado a situação. “Não está funcionando a pleno vapor, mas estamos fazendo de tudo pra que neste mês de março se normalize” , contou.

——

Da Redação Visse?
Embora a gerente regional de educação afirma que a escola ainda não foi entregue, o secretário regional Edson Renato Dias, não compactua da mesma opinião.
O ex-prefeito de Balneário afirmou, em um vídeo “cheio de emoção” no seu Facebook, dia 26/02, que a escola havia sido entregue á comunidade e as aulas iniciadas. 
O post rendeu vários elogios dos puxas, mas também uma enxurrada de criticas por parte dos próprios alunos da escola que desmentiram o secretário.
Com palavras bonitas e afirmando ser um “momento histórico”, Piriquito esqueceu de combinar o texto com sua gerente. 
Creio que o ex-prefeito e a gerente de educação passam mais tempo mancomunando o discurso contra o governo “novazideia” com relação ao Laureano Pacheco e esquecendo de cuidar do que, no momento, é mais importante. A Escola Higino João Pio, funcionando por completo. 

A postagem de Piriquito pode ser vista abaixo.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com