FAB realiza buscas noturnas pela aeronave que caiu na região

O BOA (Batalhão de Operações Aéreas), do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, foi acionado na tarde desta sexta-feira (27) pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento de Curitiba (Salvaero Curitiba) para buscas a uma aeronave de pequeno porte que possivelmente caiu no mar entre Itapema e Navegantes, no Litoral Norte. De acordo com informações do Salvaero, a decolagem ocorreu às 11h desta sexta-feira, no condomínio aeronáutico Costa Esmeralda, em Porto Belo.

A FAB (Força Aérea Brasileira) informou no fim da tarde desta sexta-feira que as buscas noturnas ao avião PU-OGL, modelo Conquest 180, estão confirmadas. Uma aeronave SC-105 Amazonas está engajada na operação, que é coordenada pelo Salvaero Curitiba.



Flavius Neves, do condomínio aeronáutico, explicou que o ultraleve veio do Rio Grande do Sul, parou em Porto Belo para fazer manutenção na hélice e, nesta sexta-feira, decolou para Itanhaém, no litoral de São Paulo. “Depois de oito ou 10 minutos de voo, ele saiu do radar de Navegantes. O tempo estava fechado”, contou. O piloto ainda teria comunicado que estava sem visão de terra e mar.

Conforme o comandante do BOA, tenente-coronel Diogo Bahia Losso, foram deslocados para as buscas o Arcanjo-01 (helicóptero) e Arcanjo-02 (avião). “Era uma aeronave experimental, com capacidade para dois ocupantes, mas apenas o piloto estava a bordo. A última comunicação dele foi com o aeroporto de Navegantes, informando que a aeronave estava a cerca de 9 km sudeste do terminal, sobre o mar”, disse Losso. O modelo da aeronave, que possuía transponder (equipamento que auxilia na comunicação do tráfego aéreo), tem peso estimado de 750 kg.

A operação de busca e resgate está sendo realizada por três equipes, sendo uma equipe com uma embarcação de maior porte proveniente de Florianópolis e a outras duas equipes com embarcações de médio porte, uma de Itajaí e outra de Balneário Camboriú.

Por volta das 08:30h deste sábado, a equipe da embarcação Resgate 01 de Florianopolis localizou alguns pertences pessoais da vítima, mais ao sul do possível local da queda, assim redirecionando as buscas para as imediações daquela região.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.