Governo Fabrício Oliveira deve ter mudanças no seu secretariado.

Os burburios de uma possível mudança no secretariado do governo Fabrício Oliveira tem se confirmado. O prefeito não anunciou oficialmente, mas mudanças significativas no alto escalão da Prefeitura de Balneário Camboriú tem se encaminhado.

Com um governo desgastado em algumas áreas e patinando em outras, Fabrício pode trazer mudanças com o intuito de oxigenar a equipe e trazer resultados significativos após 15 meses de mandato. A dança das cadeiras parece não ter como objetivo apenas trazer um novo folego, mas também passar um recado.
Funcionando a máquina está, é hora de fazer andar. Ou rema ou desce do barco.

Até o momento, o governo Fabrício Oliveira não foi um governo de grandes obras, máquinas na rua e buracos abertos. A população está acostumada com a primícia de que prefeitura eficiente, é prefeitura de maquinas rasgando a cidade. As incontáveis ações foram no âmbito administrativo, principalmente.

A atual administração de Balneário fez muita coisa, mas muito pouco foi divulgado. Prudência do alcaide ou incompetência da sua equipe de comunicação, o fato é que pequenas ações que tornam o dia a dia do cidadão bem mais fácil, passaram despercebidos pelos que, deveriam, cuidar da imagem do governo municipal.
Pequenas conquistas que fazem toda a diferença, ficaram de lado, como se não tivesse importância. Mas as poucas maiores, ah, essas sim foram bem divulgadas, de forma massante, nas redes sociais e grupos de Whatsapp. Em alguns momentos parecia desespero em fazer saber de uma ação importante. Para uma comunicação que tomou tempo de um jornalista para escrever uma notícia de que uma calha foi consertada ou que saiu mendigando seguidores no Instagram, não se espera muito. Essa mesma comunicação, até o momento, não tem nenhum sinal de mudança.

Mas, de primeiro momento, as mudanças no secretariado do Governo Fabrício Oliveira parecem ser:

Obras

Quem deve assumir a pasta, até então comandada junto com planejamento por Edson Kratz, é João Miguel Tatá.
Tatá é homem forte do governo, tem experiência e entende da área. Foi até então diretor geral do setor e passará a ter não só a caneta, mas a tinta também.

Planejamento

Quem deve assumir interinamente a pasta é Adeltraut Zoschke Shappo. Del, como é conhecida, é engenheira e até então ocupava a direção do departamento de análises e projetos. Departamento de suma importância para a pasta. Essa mesma direção, era ocupada pelo engenheiro Sergio Renato Silva, assassinado em fevereiro de 2017.
Um novo nome ainda não foi anunciado, mas há indícios de uma conversa bem avançada com o galego Rubens Spernau.

Compur

Com a saída de Ary Souza, quem deve assumir o Compur é Edson Kratz. 
Edson comandava as pastas de Obras e Planejamento e deve assumir a BC Investimentos, empresa de economia mista que será criada pela Administração Municipal, com a missão de buscar parcerias público privadas para os projetos da prefeitura. Inclusive, o alargamento da faixa de areia.

Compras

Quem pode assumir a secretaria de compras da prefeitura é Samaroni Benedet, funcionário de carreira da prefeitura e ocupa o cargo efetivo de assessor jurídico do departamento desde 2003.
Quem conhece Samaroni rasga elogios ao servidor devido ao grande conhecimento na área. Ele deve assumir a secretaria que até então é ocupada por Fernando Marchiori.

BC Previ

Quem pode assumir o BC Previ no lugar de Douglas Beber é Fernando Marchiori.
Marchiori, ou Gaúcho, é homem de confiança do prefeito desde os primórdios e até então comanda a secretaria de compras.

FETPC

Quem deve assumir como gestor do Fundo Especial de Outorga Onerosa de Transferência de Potencial Construtivo – FETPC, é Douglas Beber.
Douglas é até então, responsável pelo BC Previ

Fazenda (atualizado)

Quem assume a Secretaria da Fazenda no lugar de Wesley Galvão, é Franc Ribeiro Correa.
Franc é de Florianópolis e tem amplo conhecimento na área por sua experiência junto ao Governo do Estado, onde ocupou o cargo de Diretor do Tesouro Estadual desde a época de Luis Henrique da Silveira.
Wesley Galvão, deixou o governo em definitivo.

Esporte

Quem deve deixar a cadeira no legislativo e assumir como presidente da Fundação Municipal de Esportes, é o vereador David La Barrica.
A pasta comandada até então por Alessandro Teco, foi vítima de diversas retaliações, problemas com editais, contratações e seletivos.
David pega a legítima “pedreira” e vai ter trabalho. Já Teco, por sua vez, assume sua vaga no legislativo. Teco ficou como suplente nas eleições de 2016.

 

Uma nova lista, desta vez com diretores e coordenadores, deve ser anunciada em breve. Quem sabe até mesmo essa semana.
A lista não tem nomes divulgados, mas dizem as fontes no governo que deve assustar e fazer muita gente “acordar pra vida”.

Resumindo, será um “ou soma ou some”

 

Foto: Divulgação

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com