Grupos de risco devem se vacinar contra a gripe

As vacinas contra a gripe já são aplicadas em Camboriú. Crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, idosos, mães recentes (com até 45 dias após o parto), portadores de doença crônica, professores e profissionais de saúde devem procurar as Unidades de Saúde com sala de vacina e se imunizar. As vacinações fazem parte da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe e seguem até o dia 1° de junho.

A imunização é feita de segunda a sexta-feira, das 8 às 11h45min e das 13h30min às 16h45min. Além disso, as vacinas são ofertadas no Centro de Diagnóstico e Tratamento (CEDIT), das 14 horas às 16h30min.
A diretora de Vigilância Epidemiológica do município, Laís Emídio, explica que a vacina protege contra a H1N1, H3N2 e tipo B. Só na segunda-feira, dia 23, primeiro dia de campanha, 882 pessoas foram vacinadas – 472 idosos, 143 moradores com doença crônica e 121 crianças.
Para receber a vacina, os moradores precisam apresentar documento original com foto e carteira de vacinação. Professores devem comprovar profissão e portadores de doença crônica precisam portar receita médica. “Quem tiver alergia a ovo ou teve alguma reação anafilática a doses anteriores não podem tomar a vacina contra a gripe”, pontua Laís.
Vacinas para moradores de áreas rurais
Moradores das áreas rurais de Camboriú serão vacinados nas quartas-feiras, dias 2 e 9 de maio. Quem for dos grupos de risco deve procurar as Unidades de Saúdes do Braço e dos Macacos, das 9 às 16 horas.
Dia D
A Secretaria de Saúde irá intensificar a vacinação no sábado, dia 12 de maio. O Dia D, como é conhecido, será realizado em todas as Unidades de Saúde com sala de vacina, das 8 às 17 horas.
error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.