Helicóptero do Beto Carrero cai e mata 3 pessoas em Joinville

Um helicóptero caiu e três pessoas morreram por volta das 15h45 desta quinta-feira na  servidão Adenilda Roeder, no bairro Paranaguamirim, na zona Sul de Joinville. Segundo a 2ª Companhia de Aviação da Polícia Militar, uma quarta pessoa foi resgatada com vida pela equipe do helicóptero Águia e levada para o Hospital São José. A identidade das vítimas ainda não foi revelada.

As quatro vítimas do acidente estavam no helicóptero e ninguém foi atingido no solo. Segundo o comandante do 17º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Luís André Pena Viana de Oliveira, há informações de que a aeronave faz voos panorâmicos em um parque de diversões de Penha.



Segundo a assessoria de imprensa do Parque Beto Carrero World, a aeronave realmente faz o taxiamento para os passeios panorâmicos do parque. De acordo com eles, o helicóptero deveria estar na rota normal disponível para fazer o passeio, mas não estava. Uma nota oficial deverá ser divulgada pela empresa ainda nesta quinta-feira.

Viana também afirmou que informações repassadas pelo grupamento aéreo da PM dão conta de que o helicóptero não deu conhecimento à torre de controle de Joinville sobre o sobrevoo realizado na cidade. Segundo ele, a partir de agora a Polícia Civil, o Instituto Geral de Perícias e a Aeronáutica vão trabalhar no local para investigar as causas e circunstâncias do acidente.

O tenente-coronel informou que foram encontradas no local duas armas de fogo – uma pistola e um revólver.  A região está sendo preservada pela PM para o trabalho de investigação da Polícia Civil e IGP. A PM também confirmou que o sobrevivente do acidente não era piloto ou co-piloto do helicóptero. Ele teria se jogado da aeronave antes dela colidir com o solo.

— Não podemos afirmar que houve roubo ou sequestro (do helicóptero) porque compete a outros órgãos, que vão extrair informações do sobrevivente e contactar com o parque de Penha para saber como era esse voo — afirma Viana.

 

Informações: A Notícia
Foto: Salmo Duarte / Whatsapp

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.