Iniciadas as obras da rede coletora de esgoto do Bairro da Barra.

Iniciaram nesta terça-feira (30), pela Rua Osmar Linhares, as obras de complementação da rede coletora de esgoto do Bairro da Barra. Ao todo serão instalados 9,2 km, beneficiando os bairros Barra e São Judas Tadeu e outras vias de Balneário Camboriú que ainda não possuem rede. Os serviços iam começar na semana passada, mas foram transferidos para esta devido às chuvas que atingiram a cidade.

“Já somos considerados a cidade mais saneada de Santa Catarina e tenho certeza que com essas obras seremos a mais saneada do Brasil. Além da implantação desses mais de nove quilômetros na Barra, São Judas Tadeu e outras ruas, também estamos em execução e com 70% da obra de rede de esgoto concluída no Bairro dos Municípios, os moradores de Laranjeiras já estão se ligando à rede da Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA) e também entregamos em 2017, 20 km de rede dos bairros Nova Esperança, Loteamento Shultz e Parque Bandeirantes”, ressaltou o prefeito, Fabrício Oliveira.



Atualmente, os bairros São Judas e Barra tem parcialmente a rede coletora de esgoto instalada e as obras estavam paradas desde 2014. Quem gostou da notícia da obra no bairro foi o comerciante, Silvino de Souza. “Todos os lugares do mundo devem ter rede de esgoto, isso ajuda muito no meio ambiente, principalmente que os dejetos não vão para o rio”, disse o morador da Barra há 10 anos. Outra comerciante que comemorou o início do serviço no bairro foi Bernadete Pinheiro. “Acho ótimo. Essa obra estava parada há muito tempo, muito bom que agora vamos ter a rede de esgoto”, contou.

Parte da obra, assim como no Bairro dos Municípios, será feita pelo método não destrutivo (MDN). “Essa é uma obra complexa e será feita pelo método tradicional e também pelo método não destrutivo, usado em profundidades maiores evitando prejuízo ao ambiente e à rotina dos moradores”, explicou o diretor-geral EMASA, Carlos Haacke.

Segundo o gerente de expansão da EMASA, Vinícius de Castro Oliveira, a elevatória de esgoto dos bairros da Barra e São Judas foram acionadas em janeiro deste ano. “As ruas que, no decorrer da obra, possam ser ligadas à rede, terão avisos distribuídos. É bom lembrar que não é porque uma residência se ligou à rede da EMASA, que todas poderão ser ligadas, algumas ruas estão prontas parcialmente e outras ainda necessitam de algumas interligações para funcionar. Só pode se ligar na rede quem receber o aviso da EMASA na sua residência ou comércio”, lembrou.

Também faz parte deste contrato a implantação da rede de esgoto nas ruas Uruguai, Itália, Ilhas Virgens, Madagascar, Beija-Flor, Bem-te-vi, Jardim Santos, Maronitas, Conceição do Nascimento, Jacarandá e Osvaldo Juvêncio. A obra tem previsão de ser concluída em 12 meses e o Município investirá R$ 4.019.256,86 no serviço e aproximadamente R$ 2 milhões em material. A empresa responsável pelo serviço é a mesma que está implantando a rede coletora no Bairro dos Municípios, a Gimma Engenharia, de São Paulo.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.