Laranjeiras Limpa. Ações melhoram balneabilidade da praia

Um dos pontos turísticos mais visitados de Balneário Camboriú, a Praia de Laranjeiras está desde o mês de abril de 2017 com suas águas próprias para o banho. A última análise, realizada no dia 22 de janeiro, mostra que a praia segue própria. A melhoria na balneabilidade é resultado de intensas ações de fiscalização do Município para detectar ligações irregulares, verificar alvarás sanitários e conscientizar a população. Das 45 análises da água feitas durante o ano passado, apenas nove tiveram o resultado de condição imprópria para banho. “E essa condição imprópria ocorreu em janeiro, fevereiro e março, meses em que iniciamos as ações”, justificou o secretário do Meio Ambiente, Luiz Henrique Gevaerd.

Durante todo o ano de 2017, a Prefeitura realizou operações de fiscalização, acompanhamento e monitoramento do despejo irregular e clandestino de esgoto proveniente do comércio e residências, bem como verificou os alvarás sanitários dos estabelecimentos. Estas ações, feitas pela Secretaria do Meio Ambiente, EMASA, Secretaria de Obras e Secretaria de Saúde contribuíram diretamente com a melhoria do resultado da qualidade da água, comprovado ao longo das coletas de balneabilidade.

E os trabalhos não pararam por aí. Em dezembro, a Emasa concluiu a instalação da rede coletora de esgoto. Desde o início de janeiro, os moradores e donos de estabelecimentos comerciais da Praia de Laranjeiras já podem ligar seus imóveis à rede, garantindo a permanência da qualidade da balneabilidade das águas. Para isso, é preciso que moradores e comerciantes façam a ligação dos seus imóveis em até 60 dias. O proprietário do imóvel é o responsável pela construção das instalações prediais de esgoto dentro do terreno. Depois deve fazer o pedido da ligação de esgoto à Emasa. Após o prazo de 60 dias, o Município começará a fazer a cobrança da tarifa e as fiscalizações por meio do programa Se Liga na Rede, que através de teste de fumaça e lançamento de corantes na rede de esgoto consegue identificar ligações clandestinas.

“Verificar se há ligações de esgoto irregulares desembocando na praia é tarefa imprescindível para proceder uma gestão de praia com qualidade, para oferecer uma praia limpa e adequada ao banho e ao lazer, garantindo, pois, um ambiente salubre e equilibrado propiciando qualidade de vida a toda população”, falou o secretário do Meio Ambiente, Luiz Henrique Gevaerd.

Confira algumas orientações do Se Liga na Rede BC:

– O imóvel deve ter caixa de gordura. Limpe periodicamente, coloque resíduos em recipientes plásticos e envie junto com o lixo ou doe para a reciclagem;

– Não despeje gordura de alimentos ou óleo de cozinha na rede esgoto;

– Não jogue lixo no vaso sanitário ou nas caixas de esgoto;

– A rede de esgoto da EMASA não foi projetada para receber as águas da chuva. Por isso, se fizer ligação da rede pluvial na rede de esgoto, o sistema pode transbordar, causando a proliferação de doenças e mau cheiro.

Qualquer dúvida ou informação pode ser esclarecida pelo telefone 0800 643 6272.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com