Médico é afastado após discutir com enfermeira e deixar pacientes esperando por cirurgias

O médico-cirurgião de Camboriú, foi afastado pela Secretaria de Saúde do trabalho após discutir com uma enfermeira e abandonar o centro cirúrgico. Pelo menos nove pacientes aguardam para passar por procedimentos. O caso foi registrado na quarta-feira (25) no Hospital Cirúrgico Camboriú (HCC).

Uma das pacientes foi deixada no centro cirúrgico e apesar de estar preparada para o atendimento não tinha sido anestesiada. O médico tinha ainda outros oito pacientes agendados, que iriam passar por procedimentos como cirurgias de hérnia, vesícula e laqueadura.



Segundo a prefeitura de Camboriú, que administra a unidade de saúde, o médico teve uma discussão com uma das enfermeiras e foi embora. Segundo a administração, o profissional não ser servidor municipal, ele atuava como temporário na unidade.

Segundo a secretaria e a direção do hospital, a decisão de afastar o profissional é para que os envolvidos sejam ouvidos e a situação seja esclarecida. Ainda de acordo com a pasta, outro médico já foi contratado e os procedimentos que ficaram sem atendimento vão ser remarcados.

O nome do médico afastado não foi divulgado pela Prefeitura.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.