Mesmo contra entendimento do TCE, Prefeitura de Balneário Camboriú contratará professores para o esporte

Os professores aprovados no processo seletivo da Fundação Municipal de Esporte serão contratados a partir da próxima semana. A notícia foi dada pelo prefeito Fabrício Oliveira, nesta quinta-feira (01), em primeira mão, a um grupo de professores da Fundação Municipal de Esportes.

“Eu não vou sacrificar o esporte da nossa cidade por conta de erros cometidos nos últimos sete anos”, disse o prefeito. Fabrício destacou os inúmeros títulos conquistados pelos atletas da cidade no ano passado ao reafirmar seu compromisso com o esporte.



De 2010 ao final de 2016, a folha de pagamento passou de 33,96% a 50,52%. Só de 2015 para 2016 foram chamados mais 914 novos servidores públicos, que junto aos seus benefícios, ocasionou um processo de aumento vegetativo da folha de pagamentos acarretando problemas para novas contratações.

Em abril do ano passado, um Comitê Gestor Financeiro foi formado para conter gastos, como horas extras, formação de comissões e evitar contratações. No entanto, o TCE fez uma avaliação quadrimestral das contas e considerou o percentual da folha de pagamento numa das escalas do limite prudencial.

Nas últimas três semanas, foram inúmeras as reuniões com os técnicos do Tribunal de Contas e Ministério Público das Contas para discutir a situação da prefeitura. “Estamos nos amparando nos princípios constitucionais que levam em conta as questões de interesse público. Essa decisão pode causar algum debate com os órgãos de controle, mas acreditamos na sua correção. Estamos apostando na educação e na qualidade de vida de crianças e adolescentes que encontram no esporte a construção de uma vida melhor, longe da violência e de outros males”, destacou o prefeito.

A expectativa é de que na próxima quarta-feira (07), os aprovados no processo seletivo comecem a ser chamados.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.