‘Não tinha para onde ir e nem o que fazer’, diz zeladora espancada por ladrão em Itajaí

A zeladora de um prédio de Itajaí que foi espancada por um ladrão na terça-feira (14) se recupera em casa nesta quinta (16). Ela levou mais de 20 socos e pontapés na cabeça após encontrar o homem na garagem. “Não tinha para onde ir, nem o que fazer”, disse ela à NSC TV sobre a situação.

A mulher, de 55 anos, foi espancada ao impedir o furto de uma bicicleta que estava na garagem do prédio. O caso ocorreu na manhã de terça e foi gravado pelas câmeras de segurança. Após a ação, o suspeito de 26 anos fugiu sem a bicicleta, foi localizado pela polícia e preso.



“Ele olhou para a bicicleta e ia em direção da bicicleta. Aí eu disse ‘ei! Não podes mexer em nada aqui’. Para ele sair do prédio, foi essa a minha intenção porque eu não tinha alternativa”, relatou a zeladora.

Ladrão espanca zeladora após ser impedido de furtar bicicleta em Itajaí (Foto: Reprodução/ NSC TV)

Ladrão espanca zeladora após ser impedido de furtar bicicleta em Itajaí (Foto: Reprodução/ NSC TV)

Ela chegou a ser levada para o hospital. Mesmo em casa, continua bastante machucada. “Eu acredito que ele tenha ficado com raiva porque eu estava ali naquele momento. Eu não reagi, mas eu estava em perigo”, afirmou a vítima.

Antecedentes

O agressor, Thiago Henrique Diniz, de 26 anos, fugiu sem levar nada. Ele foi preso logo depois e deve responder, segundo o delegado, por tentativa de furto e tentativa de homicídio.

Thiago já tinha sido preso em flagrante oito vezes. Ele foi encaminhado para o Complexo Prisional do Vale do Itajaí, em Itajaí.

O prédio, que já tem câmeras de segurança e alarmes, agora reforçou o sistema de fechadura das portas.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.