Núcleo de Combate às Drogas e Pedofilia capacitou 550 profissionais da Educação em Camboriú

Encerrou na última sexta-feira, dia 26, a capacitação para 550 professores e gestores das escolas municipais de Camboriú. A formação foi ofertada pelo Núcleo de Combate às Drogas e Pedofilia, ligado à Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, em parceria com a Secretaria de Educação. Os educadores foram orientados a como identificar casos de pedofilia, abuso sexual e uso de drogas nas unidades de ensino.

O coordenador do núcleo, Valmor Dalago, trouxe casos e exemplos de crianças do município que sofreram com pedofilia, que passaram por abusos e alunos usuários de drogas. “Muitas pessoas pensam que casos graves só acontecem e em grandes centros, mas temos muita criança sofrendo abusos graves bem aqui, perto de nós”, comentou.
O diretor do Núcleo, José Manoel Mafra, falou sobre o papel fundamental do professor de perceber os sinais que a criança apresenta de que precisa de ajuda. “Nós instruímos o educador para que ele possa identificar e denunciar com segurança. Ensinamos também como atuar de forma preventiva”, relata.
Os professores serão multiplicadores e vão usar em sala de aula os conhecimentos adquiridos na capacitação. “Eu já tinha um pouco de conhecimento, mas a gente sempre aprende mais. Às vezes temos medo de denunciar, é bom saber que tem meios seguros de fazer isso”, compartilha a professora de Educação Infantil, Dayane Sousa Rodrigues.
Todos os profissionais participaram da capacitação durante o período de hora atividade, sem prejudicar o funcionamento da escola. O próximo passo do Núcleo de Combate às Drogas e Pedofilia será promover capacitações para os pais e responsáveis legais.
error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.