Pai é preso por tentativa de homicídio contra a filha de três meses

A Polícia Militar de Camboriú atendeu uma ocorrência de lesão corporal na madrugada desta quarta-feira, dia 24 de outubro, no Hospital de Camboriú, na Rua José Francisco Bernardes.

Uma viatura foi acionada pelo 190 para atendimento de ocorrência de lesão corporal no hospital, pois um médico estava desconfiado das circunstâncias que levaram a lesões no rosto de uma criança de aproximadamente três meses de idade, que deu entrada no pronto-socorro durante a madrugada.



Os policiais militares então conversaram com os pais da criança. O pai relatou que ao acordar para tomar remédio, notou que a filha não estava respirando direito, e que chamou a esposa, que fez massagem na menina, possibilitando que a mesma voltasse a respirar normalmente. Em seguida, teriam ido ao hospital. A mãe da criança confirmou a história.

Por já ter passagem por violência doméstica, e por haver a suspeita de que o pai teria agredido a criança, a Polícia Militar de Camboriú conduziu o homem para a delegacia.

A criança foi transferida para o Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, onde iria passar por exames periciais mais detalhados.

Segundo informações preliminares dos médicos, a criança estava com língua e rosto machucados, com características de ter sofrido uma tentativa de homicídio por asfixia.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.