Praias de Balneário Camboriú estão com 12 pontos próprios para banho

Feriadão de Carnaval chegou e moradores e turistas podem aproveitar tranquilos as praias de Balneário Camboriú. Segundo o relatório da Fundação do Meio Ambiente (FATMA) desta sexta-feira (09), a cidade possui 12 pontos próprios para banho de mar, dos 15 verificados na cidade pela FATMA.

Os únicos três pontos que estão impróprios para banho são a Lagoa de Taquaras, na Praia de Taquaras, o Pontal Norte e o ponto da Rua 1001, também na Praia Central. Para reverter a situação nesses locais a Prefeitura, por meio da Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA), está executando ações que melhorem a balneabilidade. Desde o ano passado, a EMASA está executando a revitalização do Rio Marambaia e com os avanços nas fiscalizações do Programa Se Liga na Rede BC para coibir o despejo de esgotos irregulares no rio, que deságua na Praia Central.



“Como estamos executando a revitalização do Rio Marambaia, também intensificamos as fiscalizações nos bairros Praia dos Amores, Nações, Pioneiros e Centro, áreas próximas ao ribeirão, para tomarmos as providências cabíveis. Para isso, também solicitamos a ajuda da população, que caso vejam alguma ligação clandestina denunciem para a EMASA pelo 0800 643 6272. Esse serviço melhorará consideravelmente a balneabilidade da Praia Central”, disse o diretor-geral da EMASA, Carlos Haacke.

Um dos pontos turísticos mais visitados de Balneário Camboriú, a Praia de Laranjeiras está desde o mês de abril de 2017 com suas águas próprias para o banho. Durante todo o ano, a Prefeitura realizou operações de fiscalização, acompanhamento e monitoramento do despejo irregular e clandestino de esgoto proveniente do comércio e residências, bem como verificou os alvarás sanitários dos estabelecimentos. Em dezembro, a EMASA concluiu a instalação da rede coletora de esgoto. Desde o início de janeiro, os moradores e donos de estabelecimentos comerciais da Praia de Laranjeiras já podem ligar seus imóveis à rede, garantindo a permanência da qualidade da balneabilidade das águas.

Como a balneabilidade é feita

Para dizer se um ponto é próprio ou impróprio para banho, a FATMA analisa a presença da bactéria Escherichia Coli, presente em fezes de animais e humanos. São necessárias cinco coletas consecutivas para se obter o resultado.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.