Preso o homem que atropelou e matou sushiwoman em Itapema

O tribunal de Justiça de Santa Catarina decidiu na tarde de ontem por maioria dos votos decretar a prisão preventiva de Arival Júnior Pioli, 21 anos, acusado de dirigir bêbado e matar atro­pelada a sushiwoman Kelly Cristina Luiz, 33, na madru­gada do dia 1º de abril, na marginal da BR-101, em Ita­pema.

Ela voltava de biz do traba­lho no Hon Sushi & Bistrô, em Bombinhas, e seguia pra casa quando na altura do KM 152, o estudante universitário pas­sou por cima com sua Merce­des Benz A 250 e arrastou o corpo dela por 60 metros, só parando por uma falha mecâ­nica do carro. O acusado pa­gou 20 salários mínimos de fiança, cerca de R$ 19 mil, e foi liberado na hora.



O Ministério Público en­trou com pedido de prisão preventiva do motorista, o que foi negado em primeira instância. O juiz achou su­ficiente a suspensão do di­reito de dirigir, recolhimen­to noturno, proibição de sair de casa nos fins de semana e aumento da fiança para R$ 143 mil.

Então, o MP recorreu. No recurso, a promotora Ariane Bulla Jaquier defendeu que o caso era de homicídio doloso e, portanto, inafiançável. No julgamento da tarde de on­tem, apenas um desembar­gador votou contra o pedido.

A Prisão

Na tarde desta quarta-feira, a Polícia Militar de Itapema cumpriu o mandado de prisão em desfavor de Arival Pioli.
Após receber a informação de que ele estaria em casa, a PM se deslocou até a rua 279, com mandato em mãos para efetuar a prisão.

Após contato pelo interfone, o mesmo desceu e se apresentou aos policiais e foi informado sobre o mandato de prisão.
Ele não resistiu a prisão e foi encaminhado para a Unidade Prisional Avançada (UPA) de Itapema.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com