Primeiro dia de novos cadastros para castrações teve grande procura em Camboriú

O primeiro dia de novos cadastros para castrações de cães de gatos para famílias de baixa renda teve grande procura em Camboriú. Nesta quarta-feira, dia 23, as senhas da semana foram todas destinadas durante a primeira hora de atividades da Fundação Camboriuense de Gestão e Desenvolvimento Sustentável (Fucam). Até o fim do ano, a Prefeitura vai disponibilizar 900 castrações gratuitas.

A presidente da Fucam, Liara Rotta Padilha Schetinger, explica que as castrações estavam sendo realizadas desde o início do ano, mas uma parceria com a Secretaria de Saúde permitiu intensificar o serviço. “Sabíamos que havia uma grande demanda no Município e isso ficou claro neste primeiro dia de novos cadastros”, comenta.

As senhas destinadas ao agendamento da castração estão sendo distribuídas prioritariamente às quartas-feiras, diretamente na Fucam (Rua Joaquim Nunes, nº 285), das 9 às 17 horas. Caso as vagas não se esgotem na quarta-feira, as senhas ficarão disponíveis para retirada nos outros dias da semana. Podem solicitar os moradores de Camboriú com renda familiar de até dois salários mínimos.

Liara destaca a importância de que os moradores tenham em mãos todos os documentos necessários para o cadastro. É preciso levar cópias de comprovante de residência e de renda da família (de todos os maiores de idade), assim como cópias do RG e CPF do solicitante. “Sem essa documentação, não será emitida senha”, reforça Liara. São aceitos como comprovantes de renda o holerite, cópia da CLT ou declaração, reconhecida em cartório, no caso de trabalhador informal ou autônomo. Quem não tiver rendimentos, deve apresentar uma declaração informando ausência de renda, também reconhecida em cartório.

Os animais devem pesar no máximo 12kg e ter pelo menos cinco meses de vida. Cadelas e gatas que estejam no cio ou com filhotes, não poderão ser castradas – é preciso aguardar o cio acabar ou um prazo mínimo de 45 dias após o parto para agendar o procedimento.

Importância da castração

A castração de cães e gatos previne doenças transmissíveis para a população, reduz o número de animais abandonados e aumenta a expectativa de vida e o bem-estar dos animais. Leandro Augusto Agostini dos Santos, veterinário da Fucam responsável pela avaliação física dos animais antes das cirurgias, explica que a castração evita tumores, os deixa mais calmos e, nos machos, reduz o hábito da demarcação de território. “O próprio controle populacional dos animais também impacta no bem-estar, já que gatos e cachorros abandonados nas ruas estão sujeitos a sofrer com fatores como frio, fome e violência”, reforça.

Cuidado com os animais

As castrações serão realizadas na clínica La Pet – Rua 916, nº 466, no centro de Balneário Camboriú, contratada pela Prefeitura e credenciada para este tipo de procedimento. A avaliação do animal é feita pela equipe da Fucam e depois o bichinho é encaminhado pela família para a clínica. “As castrações são realizadas de forma segura e sem dor ao animal. Além desses cuidados, após a cirurgia, são aplicadas doses de anti-inflamatório e de antibiótico no animal castrado, garantindo a segurança ao sair da clínica até a primeira ingestão da medicação prescrita ao responsável pelo cão ou gato”, detalha a presidente da Fucam.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com