Primeiro relatório da temporada aponta 44 pontos impróprios para banho em SC

Cerca de 20% dos pontos de praia analisados pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma) em Santa Catarina estão impróprios para banho. Segundo o primeiro relatório de monitoramento das áreas, feito pelo órgão para analisar a qualidade da água na temporada de verão 2016/2017, dos 214 locais analisados, 44 apresentaram índice de poluição superior ao aceito pelo órgão.

A partir de agora, as coletas, análises e divulgação da qualidade das praias no Estado serão semanais. Outra novidade envolve a ampliação das áreas pesquisadas. Neste ano, três novos pontos passam a ser avaliados: dois em Governador Celso Ramos e um em Imbituba.



Em Florianópolis, das 36 praias analisadas, 12 registraram pontos impróprios para banho. Na Praia Brava e Ponta das Canas, por exemplo, quatro locais foram investigados pelos funcionários da Fatma e dois apresentaram problemas. Já nos Ingleses, dos sete pontos estudados, dois tiveram resultados negativos. Na capital, os números negativos representam 24% do total.

Em Balneário Camboriú, 3 pontos estão impróprios: No canto norte, na altura da rua 3000 e na praia de Taquaras.

Info: Fatma/O Sol Diário

Comente Abaixo
error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.