Profissionais de saúde e BC, passam por capacitação em Saúde Mental e Atenção Psicossocial

Enfermeiros, médicos, psicólogos, psiquiatra e terapeuta ocupacional da Rede Atenção Básica, CAPS II e CAPS AD participaram na última sexta-feira (28) de uma capacitação sobre “Apoio Matricial em Saúde Mental e Atenção Psicossocial”. O encontro, ministrado pela enfermeira e mestre em saúde mental, Heloísa Ventura teve como objetivo fortalecer a parceria entre a Atenção Básica e as unidades especializadas para garantir o acompanhamento dos pacientes antes, durante e após os surtos psicóticos.

“A saúde mental é um todo e não se faz sozinha. Quando o paciente entra num surto psicótico precisa de uma rede de apoio. Os Centro de Atenção Psicossocial fazem o atendimento mais individualizado e especializado, mas a Rede de Atenção Básica também deve estar preparada para receber esses indivíduos, por isso precisa do apoio do CAPS II e AD para dar continuidade a este acompanhamento dos pacientes após os surtos”, explicou a diretora de Ações Básicas, Adriana Diogo.

Saiba mais:

O CAPS é um serviço de saúde aberto com base comunitária do Sistema Único de Saúde (SUS), sendo um lugar de referência e tratamento para pessoas que sofrem com transtornos mentais severos e persistentes como psicoses e neuroses graves. O trabalho inicia com um acolhimento realizado pelo técnico do dia, por meio de escuta qualificada dos pacientes. É feita uma avaliação e a partir daí o os casos mais graves de transtornos mentais e sofrimento psíquicos são encaminhados para o tratamento com uma equipe multiprofissional. O CAPS conta com atendimento de técnicos de enfermagem, terapeutas ocupacionais, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos, farmacêuticos, médicos psiquiatras e generalistas. Após a construção do Projeto Terapêutico Singular (PTS) são oferecidos aos pacientes, como livre escolha, todas as atividades desenvolvidas no Centro.

O CAPS AD oferece atendimento especializado para pessoas que consomem drogas, lícitas ou ilícitas, de acordo com o que preconiza o Ministério da Saúde (MS). É formado por enfermeiros, técnicos em enfermagem, psicólogos, terapeuta ocupacional, assistente social, farmacêutico, médicos psiquiatras e clínicos gerais. No local são feitos acolhimentos diários abertos, em grupos, oficinas, atendimentos individuas e familiares, com ações desenvolvidas de forma interdisciplinar e articuladas intersetorialmente

A Atenção Básica é um conjunto de ações, de caráter individual e coletivo, situadas no primeiro nível de atenção dos sistemas de saúde, voltadas para a promoção da saúde, a prevenção de agravos, tratamento e a reabilitação.

____________________
Informações Adicionais:

Secretaria de Saúde
(47) 3261-6200

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com