Projeto da Vigilância Epidemiológica fica em 4º lugar no país em seleção do Ministério da Saúde

Balneário Camboriú ficou em 4º lugar, entre as 60 cidades selecionadas pelo Ministério da Saúde em todo o Brasil, na apresentação do projeto para a melhoria da qualidade da informação nas declarações de óbitos. A seleção dos municípios foi realizada com base no Sistema de Informação de Mortalidade (SIM). O projeto, desenvolvido pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, foi apresentado em um encontro em Porto de Galinhas, Pernambuco, no mês de outubro.

Foram feitas análises em 196 prontuários, de janeiro a agosto de 2017, em dois hospitais do município com o maior número de declarações de óbitos com causas mal definidas ou diagnósticos incompletos. O objetivo do trabalho é melhorar a qualidade da informação das declarações de óbitos e obter a causa do mesmo com clara definição, tendo dados suficientes para uma análise epidemiológica confiável. “Precisamos saber do que realmente as pessoas estão morrendo, e assim, poder planejar e efetuar ações na saúde pública para evitar mais mortes. Com esse trabalho atingimos um percentual de 95 % de melhoria da classificação da causa do óbito”, pontuou Leila Crocomo, uma das enfermeiras responsáveis pelo projeto.

De acordo com a profissional esse trabalho passará a ser diário na busca de informações que esclareçam as causas básicas que levaram o indivídua à morte. Será realizada ainda, uma sensibilização aos médicos para a importância dessas informações que contribuem para definir o perfil de mortalidade e epidemiológico do município.

Além de Leila Crocomo, a também enfermeira Ionice Amaral foi responsável pelo projeto que teve o apoio da Vigilância Epidemiológica, Secretaria de Saúde, Hospital Ruth Cardoso e Hospital do Coração.

____________________
Informações Adicionais:

Secretaria de Saúde
Vigilância Epidemiológica
(47) 3363-4170

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com