PSC desiste de candidatura própria e indica Paulo Rabello de Castro para vice de Alvaro Dias

O PSC anunciou nesta quarta-feira (1º), após reunião da comissão executiva do partido em Brasília, que desistiu de ter candidatura própria a presidente da República e que Paulo Rabello de Castro, candidato aprovado na convenção do último dia 20, será vice na chapa do senador Alvaro Dias, presidenciável do Podemos.

O anúncio foi feito pelo presidente do PSC, Pastor Everaldo, na presença dos próprios Alvaro Dias e Rabello e da presidente do Podemos, deputada Renata Abreu (SP).



Segundo Everaldo, Rabello apresentou uma carta ao partido solicitando a liberação da candidatura a presidente a fim de integrar a chapa encabeçada pelo senador.

“Reunimos a Executiva hoje e, depois de um longo debate sobre os programas que defendemos em conjunto, ficou acertado que nós anunciamos esta chapa, a partir de agora: Alvaro Dias, presidente; e Paulo Rabello, vice-presidente”, declarou Everaldo.

O economista Paulo Rabello de Castro foi presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) e durante o governo do presidente Michel Temer.

Mais cedo, nesta quarta, em São José do Rio Preto (SP), o PRP também anunciou apoio a Álvaro Dias.

‘Convergência programática’

Após o anúncio da composição, Alvaro Dias se disse “alegre” pela chapa com Rabello, que chamou de “economista do ano”. O pré-candidato do Podemos afirmou que os dois farão uma “aliança programática”.

“Há convergência nas propostas. Acolhemos as 20 metas propostas pelo Paulo Rabello, que estão inseridas no nosso programa, que foi um programa trabalhado durante oito meses […]. E ela [a proposta do Podemos] coincide, exatamente, com as metas apresentadas como metas essenciais, que são 20 – coincidindo com o número do partido, o PSC – e que certamente vão dar sustentação ao nosso projeto”, disse Alvaro Dias.

“Estou mais fortalecido ainda, mais animado e com muita energia para enfrentar as dificuldades e promovermos a refundação da República”, acrescentou o pré-candidato.

Dias afirmou ainda que está em negociação com outras legendas – mencionou o Pros – para integrar a coligação.

Paulo Rabello declarou que há uma “convergência programática absoluta” entre ele e Alvaro Dias.

“Estamos aqui dando o primeiro passo para acabar, definitivamente, com a picaretagem na política brasileira. Agora é para valer. É para criar 10 milhões de empregos, para enriquecer os brasileiros”, declarou Rabello.

G1

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com