Reitor afastado da UFSC comete suicídio em shopping de Florianópolis

O reitor afastado da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Luiz Carlos Cancellier, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (2) no Beiramar Shopping, em Florianópolis.

Cancellier estava afastado da instituição por determinação judicial. Ele e outras seis pessoas chegaram a ser presas no dia 14 de setembro e foram soltas no dia seguinte. O grupo é investigado na Operação Ouvidos Moucos, da Polícia Federal, que apura desvio de recursos em cursos de Educação a Distância (EaD) oferecidos pelo programa Universidade Aberta no Brasil (UAB) na UFSC.

Em nota, a assessoria do shopping disse “que por volta das 10h30 um homem cometeu suicídio, caindo no vão central. A polícia está no local e já atendeu a ocorrência. O corpo será encaminhado ao IML para notificação da família. O Beiramar Shopping reforça que mantém rotinas de segurança para evitar acidentes e manter a integridade do público”.

O Instituto Médico Legal confirmou ao G1 que a vítima era Cancellier.

Conforme a chefia de gabinete da UFSC, dois pró-reitores da universidade se deslocavam na manhã desta segunda-feira para o Instituto Médico Legal e a universidade ainda aguardava para se pronunciar oficialmente do caso.

Autorização para entrar na UFSC

No sábado (30), a 1ª Vara Federal de Florianópolis havia autorizado Cancellier a entrar no Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) do campus da capital em 5 de outubro para participar de uma sessão pública. Ele estava afastado da instituição por determinação judicial.

Fonte: G1 SC

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com