Reunião discute ampliação do monitoramento de doenças diarreicas no município

A diarreia é a segunda causa de mortes em crianças menores de cinco anos em todo o mundo. Para aumentar o monitoramento dessa doença e aprimorar as medidas de prevenção, a Secretaria de Saúde de Itajaí, através da Diretoria de Vigilância Epidemiológica, realizou na manhã desta quinta-feira (27) uma reunião para aprimorar e ampliar a Vigilância das Doenças Diarreicas Agudas, através da Monitorização das Doenças Diarreicas Agudas (MDDA).

Foram convidados os coordenadores das Unidades Sentinelas da Rede Municipal de Saúde, que são referência para esse atendimento e realizam esse monitoramento. Para ampliação deste trabalho, também foram convidados os coordenadores de duas Unidades Básicas de Saúde que apresentam um número expressivo de atendimentos por diarreia no município. Estiveram presentes na reunião as coordenadoras das unidades de saúde do Rio Bonito, São Vicente, Imaruí, Nossa Senhora das Graças, Jardim Esperança e Itaipava.

Com essa ação, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica busca acompanhar a tendência e a detecção de alterações no padrão local das doenças diarreicas agudas de forma a identificar, em tempo oportuno, surtos e epidemias. “Assim, será possível investigar as causas da doença, aprimorar as medidas de prevenção e controle e reduzir a morbimortalidade (número de casos e de mortes)”, explicou a nutricionista do DVE, Ana Luiza Reis Vasques.

No Brasil, a doença diarreica aguda é reconhecida como importante causa de morbimortalidade, mantendo relação direta com as precárias condições de vida e saúde da população, em consequência da falta de saneamento básico, de desastres naturais (estiagem, seca e inundação) e da desnutrição crônica, entre outros fatores.

__________________________
Informações adicionais:
Secretaria de Saúde de Itajaí
(47) 3249-5500

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com