Samu e Bombeiros com atendimento integrado para agilizar serviços

Durante a inspeção que realizou no Hospital Florianópolis nesta quarta-feira, 28,  o governador Eduardo Pinho Moreira assinou edital para a integração do serviço de atendimento pré-hospitalar realizado pelo Corpo de Bombeiros e pelo Samu com a secretaria de Estado da Saúde. “É a oficialização de um trabalho que será feito em parceria, com melhores resultados para o Estado e para o cidadão”, garantiu Moreira.

Na prática, as unidades já estão atuando de forma integrada, mas o documento formaliza a unificação do atendimento que terá protocolos padrão e despacho mais ágil para o atendimento de ocorrências. A proposta é que o Samu funcione dentro do quartel do Corpo de Bombeiros, por meio de uma central única e regulada.



Atualmente, o serviço de atendimento pré-hospitalar no Estado é realizado por um quadro de aproximadamente 6 mil profissionais, com 96 ambulâncias de suporte básico do Samu (de administração do município); 23 de suporte avançado (de administração do Estado); 129 viaturas do Corpo de Bombeiros Militar e 74 do Corpo de Bombeiros Voluntário.

Inicialmente, além dos profissionais, deverão migrar para os quartéis dos bombeiros em todo o Estado as ambulâncias de suporte avançado. A previsão é que até o fim do ano o atendimento seja realizado de forma totalmente integrada.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.