Secretaria de Segurança de Balneário identifica os agressores de funcionário da Câmara.

A secretaria de Segurança Pública de Balneário Camboriú identificou os agressores envolvidos em uma briga no calçadão da avenida Central, no sábado à noite, após a Festa dos Amigos. O técnico em informática da câmara de vereadores, Fábio Macimo dos Santos, 36 anos, foi quem levou a pior. Ele foi hospitalizado e ficou em coma induzido por um dia. Dois adolescentes de 15 anos participaram da briga, mas segundo eles, foi Fábio quem provocou.

O secretário Antônio Gabriel Castanheira conta que foi montada uma estratégia para identificar os envolvidos. “Coletamos dados no lugar, fomos até os comércios, pegamos depoimento e vídeos, até conseguirmos chegar aos suspeitos”, diz.
Na noite de terça-feira, a guarda municipal fez uma operação e chegou aos dois menores envolvidos. Os adolescentes contaram que estavam no calçadão com outros amigos quando Fábio, junto com os amigos Moises Marcos Machado, 32 anos, e Fabiano Santos Maia, 28 anos, chegaram bêbados, vindos da Festa dos Amigos.
Fábio teria enfiado a mão na cara e empurrado um dos meninos que estava de bicicleta. Foi aí que a confusão começou. Vídeos feitos pelo povão que estava no calçadão mostram como a briga começou.

Em uma imagem, Fábio aparece se defendendo de um chute com o capacete. Em seguida um dos amigos de Fábio derruba o menor no chão. As pessoas tentam apartar os dois grupos, mas a confusão continua. Os menores também chamam os maiores para a briga até que a pancadaria começa.
No meio da briga, Fábio cai no chão e um dos menores pisa na cabeça dele, quando ele já estava desacordado. Segundo o secretário, um dos menores também cai e leva uma capacetada na cabeça. O menor teve um ferimento no supercílio.
Castanheira chegou a ouvir Fábio, mas ele disse que não lembra de nada. Já os dois amigos de Fábio não deram detalhes da briga.
Os menores foram à delegacia acompanhados dos pais ontem à tarde. “Nossa preocupação era identificar e saber o que realmente aconteceu. Mostrar que as coisas não ficam sem ser resolvidas,” explicou Castanheira.

Fim de festa

A briga rolou às 22h de sábado. Fábio e os amigos estavam usando camisetas verdes de um dos grupos da festa dos Amigos. Eles tinham saído da festa para curtir um pagode no calçadão. O irmão de Fábio, Rogério de Paula dos Santos, 39 anos, conta que ele recebeu alta do hospital e já está se recuperando em casa. Ele não ficou com sequelas.

 

Fonte: Diarinho

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com