Táxi de Camboriú é flagrado e apreendido parado em ponto de Balneário

Um taxista de Camboriú teve seu carro apreendido depois que foi flagrado parado em um ponto de táxi de Balneário Camboriú, na tarde desta quinta-feira.

O caso aconteceu no ponto da Rua 600, esquina com Avenida Central, no Centro de Balneário Camboriú.



Diferente do que foi amplamente divulgado por ai e até mesmo um vídeo circulou nas redes sociais, o Táxi licenciado, identificado e emplacado em Camboriú, estava estacionado no Ponto em Balneário, o que é proibido não só pelo CTB, mas também pela Lei Municipal 3710/2014 que proíbe exercer a atividade sem licença para tal.

No vídeo, o suposto cliente diz que o taxista estava apenas deixando-o na cidade, o que de fato seria permitido. Acontece que o táxi foi flagrado pelos agentes de trânsito, parado, aguardando possíveis novos clientes, de maneira irregular em um ponto da cidade.

Os agentes registraram a situação por fotos. O que desmente toda e qualquer outra versão que possa se dar ao caso.

Na versão do taxista, ele apenas deixou o cliente. Mas o fato é que ele deixou o cliente, estacionou e ficou parado tempo o bastante para ser visto pelos agentes ou ser denunciado pelos taxistas do ponto.

Briga antiga

A briga entre taxistas e mototaxistas de Balneário e Camboriú é antiga.
Já em 2014, houve grande repercussão uma briga entre os motoristas de ambas as cidades por causa da captação de clientes no Marias e Green Valley.
Na época vereadores de ambas as cidades, criaram projetos exatamente iguais, proibindo táxis e mototáxis de outra cidade de trabalhar em seus municípios.

Em Balneário Camboriú, que existe uma fiscalização mais efetiva, a lei se torna mais evidente. Porém existe lei que proíba em Camboriú também e com multas bem maiores.

 

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.