Treze pessoas morrem em acidentes nas rodovias de Santa Catarina no fim de semana

Treze pessoas morreram em acidentes de trânsito nas estradas de Santa Catarina ao longo deste fim de semana, 24 e 25. Três pessoas morreram na BR-101, em Rancho Queimado, na Grande Florianópolis, outras três na SC-283, em Seara, e mais três, sendo duas crianças, no município de Bom Jesus, no Oeste do Estado. Outros acidentes ocorreram em Santa Cecília, no Oeste, Balneário Camboriú, no Litoral Norte, Lages, na Serra catarinense, e Florianópolis.

O primeiro acidente ocorreu na madrugada de sábado, 24, na BR-116, em Santa Cecília, no Oeste do Estado. Um homem de 24 anos morreu após uma colisão frontal entre um carro e um caminhão, no km 156,8, às 4h15min.



 Segundo o relatório da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima estava em um Fiat Uno, com placas de São Cristóvão do Sul, e bateu de frente com um caminhão Mercedes Benz, com placas de Caçador. O motorista do caminhão, de 45 anos, não se feriu.

Às 4h50min, em Balneário Camboriú, no Litoral Norte de SC, um homem de 35 anos morreu após colidir uma motocicleta Honda CG Titan, contra um objeto fixo, na BR-101, no km 134.

Poucos minutos depois, por volta das 5h, um homem de 27 anos morreu após uma colisão frontal na SC-405, no bairro Rio Tavares, em Florianópolis. Ele estava em uma moto Yamaha com placas de Cascavel-PR e colidiu contra uma caminhonete Hilux com placas de Florianópolis no km 2 da rodovia.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) o motociclista teria tentado uma ultrapassagem na pista reversiva da rodovia quando colidiu com o veículo. A preferência da via, naquele momento, seria do veículo. O motociclista chegou a receber atendimento do Corpo de Bombeiros, mas morreu no local. Já o motorista da Hilux, de 59 anos, teve apenas ferimentos leves. Ambos estavam sem acompanhantes.

No fim da tarde, por volta das 18h, uma colisão frontal entre dois veículos na SC-283, no km 59, em Seara, no Oeste catarinense, deixou três pessoas mortas. O acidente envolveu um Volkswagen Gol, com placas de Chapecó, e um Chevrolet Classic, com placas de Seara. O Corpo de Bombeiros informou que o condutor do Gol, Marcio Jose da Silva, 29 anos, morreu no local. Ele estava sozinho no veículo.

Os dois ocupantes do Classic ficaram presos às ferragens e também não resistiram aos ferimentos. O condutor Alvaro Carnieleto, 44, e Marleide Diana Zuze, 41, morreram no local.

À noite, em Lages, na Serra de SC, um homem morreu após uma colisão frontal entre um ônibus de linha e um Celta, com placas de Lages. Segundo o Corpo de Bombeiros da cidade, o passageiro do Celta morreu no local. O condutor de 57 anos, teve ferimentos leves. O motorista do ônibus e os passageiros não tiveram ferimentos. A ocorrência foi registrada às 23h40min, no km 211,5 da BR-282.

Já na manhã de domingo, 25, por volta das 9h, três pessoas morreram em um acidente em Rancho Queimado, na Grande Florianópolis. Segundo informações da PRF, houve uma colisão frontal entre um caminhão e um carro na BR-282, km 70.

Conforme a PRF, as três vítimas estavam no carro. O Corpo de Bombeiros informou que o Clio tinha placas de Palhoça. Morreram no local o motorista, de 42 anos, além dos dois passageiros, uma mulher e outro homem. O condutor do caminhão estava sozinho e não teve ferimentos.

Durante a tarde de domingo, um grave acidente deixou três pessoas mortas após uma colisão frontal na SC-155, Km 39,600, em Bom Jesus. Segundo o Corpo de Bombeiros, um homem de 35 anos, motorista de um Gol com placas de Abelardo Luz, ficou preso às ferragens e morreu no local. Uma mulher, passageira do Gol, foi levada ao Hospital Regional São Paulo, em Xanxerê, com ferimentos graves.

Um grave acidente deixou três pessoas mortas na tarde de domingo, 25 de março, em Bom Jesus, no Oeste do Estado. Um homem e duas crianças, de oito e 11 anos, morreram após uma colisão frontal na SC-155, próximo ao posto da Polícia Militar Rodoviária (PMRv).

Acidente em Bom Jesus deixou três pessoas mortasFoto: Saer / Divulgação

De acordo com os bombeiros, uma criança de oito anos morreu no local e outra de 11 anos sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu a caminho do hospital. A princípio, as crianças eram passageiras do Gol. Um bebê de nove meses, que também estaria no Gol, sofreu fraturas nas pernas e na cabeça e foi encaminhado pelo Samu ao hospital.

A condutora do segundo veículo, um Lifan com placas Pinhalzinho, de 37 anos, foi levada à unidade de saúde em estado grave com trauma na cabeça. Segundo o relatório da PMRv, ela também teria morrido no acidente. No entanto, os bombeiros informaram que ela permanecia no hospital até às 21h30min. O hospital não repassou informações sobre as vítimas. O acidente foi atendido por volta das 18h.

 

Fonte: A Hora de Santa Catarina

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com