Turistas de cruzeiros movimentam R$ 600 mil na economia de Itajaí

A temporada 2017/2018 de transatlânticos movimentou, pelo menos, R$ 600 mil na economia de Itajaí. A última embarcação atracou no município nesta quarta-feira (28) com 1,3 mil passageiros a bordo. O cruzeiro Zaandam seguirá para Montevidéu, no Uruguai.

Ao todo, quatro navios de cruzeiro passaram por Itajaí nessa temporada. Foram 2,4 mil passageiros, a maior parte estrangeiros, com tíquete médio de consumo de R$ 250. Os visitantes gastaram em compras no shopping e do comércio de rua, serviços de câmbio, gastronomia e de lazer. Os locais mais visitados foram o Centro da cidade, Mercado Público, Igreja Matriz, Museu Histórico e excursões a pontos turísticos próximos.



Com 90% da ocupação composta por estrangeiros, os quatro navios da temporada tinham perfil de turistas com alto poder aquisitivo. A passagem dos cruzeiros de luxo por Itajaí injetou cerca de R$ 600 mil na economia local.

O Zaandam, da empresa Holland America Line, chegou hoje em Itajaí e se une aos outros três navios que já atracaram na cidade. A temporada iniciou em novembro de 2017 com a chegada da embarcação de ultraluxo Silver Muse, que retornou em fevereiro deste ano. Neste mês município também recebeu o maior navio residencial do mundo, o The World.

“São pessoas que buscam experiências únicas, com muito conforto e privacidade. Itajaí é a única cidade no litoral sul que recebe este tipo de navios menores e luxuosos”, comenta a diretora de Divulgação e Promoção da Secretaria de Turismo, Dânia Hoge.

Retomada da MSC
O Município de Itajaí trabalha para reconquistar as linhas da MSC Cruzeiros. Na semana passada, uma comitiva formada por representantes da empresa e da Cruise Lines International Association (Clia) realizou visitas técnicas na cidade e no Porto. A ação oficializa o interesse do grupo em inserir o município novamente na rota de embarque e desembarque de passageiros.

Caso as operações sejam oficializadas, o embarque e desembarque de passageiros será feito por meio do Porto de Itajaí. O interesse está justamente em Itajaí ser um porto alfandegado, o que permitirá a entrada de passageiros do exterior.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.