Vídeo mostra agressões de marido a advogada que caiu do 4º andar de prédio

Imagens de câmeras de segurança do prédio mostram agressões do marido suspeito pela morte da advogada Tatiane Spitzner, que caiu do quarto andar de um prédio em Guarapuava.

Luis Felipe Manvailer foi preso suspeito de feminicídio. A defesa dele afirma que aguarda o resultado de exames periciais e que qualquer posicionamento sobre o caso trata de “hipóteses especulativas, baseadas em fragmentos que destoam de comprovação técnica científica”.



As câmeras de segurança do prédio onde o casal morava registraram momentos antes da queda da advogada. Os dois chegam ao local de carro. Segundo a polícia, ainda dentro do veículo, o marido comete agressões contra ela.

Ainda conforme a polícia, ele retira Tatiane do carro, ainda sob agressões. O casal entra no prédio. A advogada entra correndo no elevador para, segundo a polícia, tentar fugir.

IMAGENS FORTES

Entenda o caso

A advogada Tatiane Spitzner, de 29 anos, foi encontrada morta, na madrugada deste domingo (22), após queda do 4º andar de um prédio no Centro de Guarapuava, na região central do Paraná, segundo a Polícia Militar (PM). A Polícia Civil investiga o caso como suspeita de feminicídio.

O marido dela, Luis Felipe Manvailer, foi detido na manhã deste domingo, após sofrer um acidente na rodovia BR-277, em São Miguel do Iguaçu, a 340 quilômetros de Guarapuava. Ele está preso preventivamente, segundo a Polícia Civil.

De acordo com o relatório da PM, o caso foi atendido por volta das 3h, na Rua Senador Pinheiro Machado. Os agentes receberam a informação de que uma mulher “teria pulado ou sido jogada da sacada de um edifício, caindo na calçada”.

Ao chegar ao local, os policiais encontraram muito sangue na calçada e foram informados que um homem tinha carregado a vítima no colo para dentro do prédio, ainda conforme o boletim.

O relatório de investigação preliminar da Polícia Civil detalha que, na escada de entrada do prédio, foi encontrado um par de botas femininas e que no segundo elevador havia um brinco no chão.

error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.