Abastecer o carro em Balneário é bem mais caro que em Itajaí ou Navegantes

Rodar um pouco mais pesquisando os preços dos combustíveis nos postos da região pode compensar para o consumidor.

Em Itajaí o valor médio do preço do litro da gasolina nos últimos 15 dias é de R$ 6,489, com variação de 2,81% entre o maior e o menor preço praticado. Em Balneário Camboriú a situação é mais drástica: o preço médio do litro da gasolina é de R$ 6,99, com variação de 10,99%.

Já na comparação dos preços médios praticados nos dois municípios, a variação é de 6,93%, ou R$ 0,45 por litro. Variação que compensa o deslocamento do consumidor, dependendo da quantidade de litros que for colocada no tanque. Os números são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Se analisada a primeira semana de janeiro [do dia 2 ao dia 8], a média do preço Balneário Camboriú [em seis estabelecimentos pesquisados] cai para 6,591 e, em Itajaí, para R$ 6,295 [nove postos pesquisados]. Números inferiores aos apurados em Florianópolis [média de R$ 6,575, com 35 postos pesquisados], mas bem superior aos praticados em Araranguá, R$ 6,199. “Os números são a ANP. Fazemos pesquisas semanais, mas no momento, estamos com o trabalho de fiscalização voltado para questões relacionadas à alta temporada”, explica o diretor do Procon de Balneário Camboriú, Jean Carlos Lopes.

O Procon de Itajaí realiza pesquisas mensais para levantar a variação no preço dos combustíveis na cidade e a flutuação dos preços em comparação com os praticados em meses anteriores. Portanto, segundo o procurador Salésio Pedrini, o último levantamento conclusivo é datado de dezembro.

“Não há tabelamento de preços nem há como o Procon interferir no preço praticado em razão do princípio da livre iniciativa previsto na Constituição Federal, ressalvada a possibilidade em época de calamidade ou escassez para impedir a elevação sem justa causa”, explica Pedrini. “Então pode haver cidades com preço mais alto que outras, sem que isso configure uma ilegalidade. No Rio Grande do Sul, por exemplo, tem preços maiores que os praticados em Santa Catarina e o Rio de Janeiro, onde fica a sede da Petrobras, o preço também é maior que em nosso Estado”, arremata.

César é um consumidor que sente no bolso essa variação nos preços entre cidades. De Florianópolis, ele passa muito tempo na região de Itajaí e sempre que pode abastece em Navegantes. “O valor é bem inferior aos praticados na capital”, afirma. Já Christina mora atualmente na cidade mineira de Cataguases e passa férias na região. “Embora os valores estejam bem elevados em relação ao verão passado, em Minas eu já pagava mais de R$ 7,20 no início de dezembro,” conta.

Regulação do preço
O secretário executivo do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Litoral Catarinense e Região (Sincombustíveis/SC), Cesar Martinho Ferreira Júnior, explica que há vários fatores que influenciam na composição do preço final do combustível na bomba, o que justifica a variação entre postos de uma mesma cidade ou região. “Os custos fixos e variáveis divergem muito de posto para posto e isso interfere no preço final pago na bomba”, destaca.

Entre as variáveis consideradas estão os custos de pessoal, com a manutenção da estrutura do posto, alugueis dos espaços, além de variações nos preços dos combustíveis, que diferem de acordo com a bandeira do posto. Já a regulação é feita pelo próprio mercado, que acaba promovendo uma autorregulação.

O presidente do Procon em Santa Catarina, Tiago Silva, compartilha a opinião de Ferreira com relação a regulação dos preços. “A regulamentação de preços seria a prática abusiva, o que caracterizaria cartelização. O valor do combustível é regulado pelo mercado,” afirma.

Balneário Camboriú

Auto Posto Balneário Camboriú (Vila Real)

Gasolina Comum: R$ 7.279

Gasolina Aditivada: R$ 7.339

Etanol: R$ 6.949

Posto BIG (Centro)

Gasolina Comum: R$ 6.499

Gasolina Aditivada: R$ 6.669

Etanol: R$ 5.899

Posto Especiale (bairro dos Municípios)

Gasolina Comum: R$ 6.699

Gasolina Aditivada: R$ 6.799

Etanol: R$ 6.399

Itajaí:

Auto Posto Carvalho (Ressacada)

Gasolina Comum: R$ 6.299

Gasolina Aditivada: R$ 6.499

Etanol: R$ 6.259

Posto Central (Centro)

Gasolina Comum: R$ 6.279

Gasolina Aditivada: R$ 6.399

Etanol: R$ 5.999

Posto Fernandinho (Centro)

Gasolina Comum: R$ 6.479

Gasolina Aditivada: R$ 6.679

Navegantes:

Posto Ipiranga (Gravatá)

Gasolina comum: R$ 6.499

Gasolina Aditivada: R$ 6.699

Etanol: R$ 6.099

Posto Delta (Centro)

Gasolina comum: R$ 6.279

Gasolina Aditivada: R$ 6.279

Posto Ipiranga (Centro)

Gasolina Comum: R$ 6.499

Gasolina Aditivada: R$ 6.599

Etanol: R$ 6.459

Penha:

Posto Ale (Gravatá de Penha)

Gasolina comum: R$ 6.399

Aditivada: R$ 6.339

Posto Parque (Centro)

Gasolina Comum: R$ 6.299

Gasolina Aditivada: R$ 6.239

Etanol: R$ 5.639

Posto Ipiranga (Centro):

Gasolina Comum: R$ 6.299

Gasolina Aditivada: R$ 6.499

Etanol: R$ 5.999

Especial Diarinho