Adolescente é detido por matar o pai, mas é liberado por legítima defesa

Foto: Gabriel Lain/NSC

Um adolescente de 15 anos é indicado por matar o pai, de 35, ao tentar defender a mãe em Campo Erê, no Oeste catarinense. Pelas primeiras informações da Polícia Militar, o homem agrediu a esposa na frente do filho do casal. O adolescente chegou a ser apreendido, mas foi liberado.

O fato ocorreu na madrugada deste domingo (24) no Bairro Feliz. A PM, ao chegar à casa onde ocorreu o crime, encontrou o homem já morto. Pelas primeiras informações, o pai já chegou agressivo na residência antes mesmo de começar a brigar com a esposa.

O adolescente golpeou o pai após vê-lo agredir a mãe. O homem foi atingido na virilha. O Corpo de Bombeiros Militar foi chamado, mas ele não resistiu aos ferimentos.

Diante disso, o adolescente foi levado à Central de Plantão Policial em São Lourenço do Oeste, na mesma região, na presença do Conselho Tutelar. Também foi encaminhada à delegacia a faca, de 30 centímetros, usada para golpear o pai, segundo a PM.

Como, pelas primeiras informações, o adolescente cometeu o crime após ver o pai agredir a mãe, após atendimento do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), o rapaz foi liberado pelo Poder Judiciário. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Publicidade