Agora é oficial: Com renúncia de prefeito e vice, Porto Belo terá novas eleições

Porto Belo ficará com prefeito interino a partir desta sexta-feira até que haja uma nova eleição para o cargo. O motivo é que o prefeito Emerson Stein (MDB) deixará a cadeira para se candidatar a deputado estadual, e o atual vice-prefeito, Elias Cabral (PL), não assumirá mais o posto como estava previsto.

As renúncias de Emerson e Elias ocorrem já nesta sexta-feira(25). Após a oficialização da saída, em cerimônia na Câmara de Vereadores, o presidente do Legislativo, Joel Orlando Lucinda (MDB), é quem chefiará o Executivo provisoriamente.

A decisão de Elias em deixar a administração municipal foi comunicada em postagem nas redes sociais. Ele informou que voltará a trabalhar como servidor estadual da educação na escola Tiradentes e ressaltou na postagem que a renúncia é uma decisão pessoal. “Com o único intuito de voltar a atuar junto à educação, não havendo relação com nada que envolva a Administração Municipal, que caminha da melhor forma desde que assumimos a gestão em 2017”, escreveu.

O professor deixou uma mensagem ao prefeito Emerson desejando sucesso na candidatura à Assembleia Legislativa, e ainda agradeceu aos servidores, aos secretários e à população. Elias lembrou a entrada na vida pública como vereador, em 2008, quando foi o candidato mais votado, e a reeleição em 2012.

O prefeito Emerson Stein foi o primeiro a anunciar uma pré-candidatura a deputado estadual na região da Amfri, há cerca de um ano. Em postagem recente, ele diz que se despede do cargo para iniciar uma “nova jornada”.

Desde a semana passada, Emerson vinha fazendo reuniões de transição com o vice-prefeito e com as equipes das secretarias. Em nota, na terça-feira, a prefeitura informou que desde que Elias defendeu sua tese de doutorado em 2021, já manifestava o desejo de voltar a atuar junto à educação. A alegação foi que ele aproveitaria a saída do prefeito para também “ir atrás de seus sonhos”.

Com a renúncia do prefeito e do vice, o atual presidente da Câmara de Vereadores de Porto Belo, Joel Orlando Lucinda (MDB), assume o governo municipal provisoriamente por até 90 dias, conforme prevê a legislação. Ao assumir, ele deve avisar o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC) para que seja marcada uma nova eleição para prefeito. O próprio Joel, que soma sete mandatos como vereador, já adiantou que é pré-candidato à prefeitura.

Confira matéria completa no Diarinho
https://diarinho.net/materia/633843/Vice-prefeito-tambem-renuncia-e-Porto-Belo-tera-interino-ate-novas-eleicoes

 

Publicidade