ALESC: Deputado Rodrigo Minotto é eleito presidente do bloco brasileiro da UPM

O deputado Rodrigo Minotto (PDT) foi eleito, na manhã desta quarta-feira (30), o novo presidente do bloco brasileiro da União de Parlamentares Sul Americanos e do Mercosul (UPM). A cerimônia de posse do parlamentar aconteceu na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, em meio às atividades que integram o Seminário Internacional do Mercosul.

Com mandato pelo período de um ano, Minotto sucede o deputado amazonense Francisco de Souza, dando sequência ao revezamento das regiões brasileiras no comando da entidade.
Entre as primeiras metas anunciadas pelo deputado criciumense à frente da UPM nacional está aumentar a participação dos parlamentos estaduais nos fóruns internacionais. “Amanhã mesmo vamos participar de uma reunião do Parlasul [Parlamento do Mercosul], em Montevidéu, para tratar da possibilidade de incluir também os estados nas discussões travadas no âmbito daquela entidade. Esta será uma das nossas primeiras bandeiras, algo que, acreditamos, irá intensificar a representação política e institucional de Santa Catarina na busca de suas prioridades.”

A nova diretoria do bloco brasileiro da UPM é integrada ainda por mais dois deputados de Santa Catarina: Silvio Dreveck (PP), como 1º secretário, e Kennedy Nunes (PSD), como tesoureiro-geral.
Nunes, que também já atuou como presidente da seção brasileira da UPM, se disse um entusiasta do processo de integração latino-americana. “Precisamos retirar as barreiras, construir pontes, firmar entendimentos. Já avançamos muito em nossa relação com o Uruguai, por exemplo, pois aposentados de lá podem receber seu benefício previdenciário no Brasil e vice-versa. E também o reconhecimento dos diplomas técnicos entre ambos os países, graças ao trabalho de instituições como a UPM e o Mercosul, que nada mais é que procurar facilitar a vida do cidadão.”

Composição da nova diretoria do bloco brasileiro da UPM:
Deputado Rodrigo Minotto, de Santa Catarina, presidente;
Deputado Wanderlei Barbosa, do Tocantins, 1º vice-presidente,
Deputado Heitor Filho, do Acre, 2º vice-presidente;
Deputada Zilá Breitenbach, do Rio Grande do Sul, secretária-geral;
Deputado Silvio Dreveck, de Santa Catarina, 1º secretário;
Deputado Kennedy Nunes, de Santa Catarina, tesoureiro-geral;
Deputado Olyntho Neto, do Tocantins, 1º tesoureiro;
Deputado Francisco Souza, do Amazonas, presidente do conselho consultivo;
Deputados Nilton Franco e Mauro Carlesse, do Tocantins, membros do conselho fiscal.

Alexandre Back
Agência AL
Comente Abaixo