Alunos ganham reforço de matemática através de convênios com universidades

Duas importantes unidades de ensino de Balneário Camboriú recebem este ano os benefícios da Oficina de Matemática, que é feito através de um convênio entre a Secretaria de Educação e o Instituto Federal Catarinense – IFC. As oficinas são destinadas aos alunos matriculados nos anos finais dos CEM’s Armando Cesar Ghisland e Nova Esperança. Outro convênio, firmado com a Universidade do Estado de Santa Catarina – Udesc garante apoio pedagógico a outros alunos de outras unidades municipais de ensino.

A Oficina de Matemática, que teve início esta semana, atua no contraturno, em dois dias na semana, segunda e terça-feira. Com duração de 1h30, os alunos têm suas dúvidas e questionamentos respondidos sobre os conteúdos referentes ao ano que se encontram ou algum ano anterior. As aulas são ministradas pelos estagiários do curso de licenciatura em Matemática do IFC. “Nessa primeira semana de Oficina vamos conhecer e avaliar os alunos, detectando as principais dificuldades de cada um. A partir da semana que vem vamos trabalhar em cima dessas dificuldades”, diz o assessor técnico pedagógico da Secretaria de Educação, Bruno Arceno.

Os alunos que recebem esses reforços no contraturno, tanto na Oficina de Matemática com o IFC como no Apoio Pedagógico com a Udesc, são selecionados através de um levantamento feito pelo pelos professores com os alunos que têm dificuldades de aprendizagem, assim como aqueles que estão com a idade avançada para a série que cursam. Nesses casos, após a seleção, é encaminhado aviso aos pais e feito todo o acompanhamento para que esses alunos, paralelamente às aulas, tenham um melhor rendimento.

Esse é o segundo ano que as escolas municipais de Balneário Camboriú recebem o benefício do convênio com o IFC. “A Oficina irá sanar as dificuldades apresentadas pelos alunos, propiciando formas diferenciadas e motivadoras na compreensão de conceitos e estruturas matemáticas”, ressalta a secretária da Educação, Rosângela Percegona Borba.

O convênio com a Udesc, que é uma novidade no Município, está em fase de implantação, e promete também aumentar o rendimento dos alunos em relação à matemática, uma das disciplinas mais complexas da grade curricular. Nesse convênio a Universidade entra com quatro estagiários, do curso de matemática, para atuar no Apoio Pedagógico de Matemática, juntamente com outros professores da Rede, que estão tendo sua carga horária expandida para fazer parte desse Apoio.

O Apoio Pedagógico inicia em maio, justamente quando, no dia 6, comemora-se o Dia Nacional da Matemática. Esse benefício será direcionado para outras quatro escolas que não recebem a Oficina de Matemática. “As unidades a serem trabalhadas ainda não foram escolhidas. Para isso o Departamento Pedagógico da Secretaria de Educação ainda avalia o rendimento de alunos do sexto ao nono ano”, informa Bruno Arceno. “Essas parcerias reforçam o conteúdo dado em sala de aula e sanam muitas dificuldades em relação à matéria”, finaliza ele.

Comente Abaixo