Área de Proteção Ambiental da Interpraias evolui para a coleta mecanizada

Você sabe o que Berlim, na Alemanha; o famoso balneário de Punta del Este, no Uruguai; Genebra, na Suíça; São Francisco, na Califórnia e as praias de Estaleiro e Estaleirinho, em Balneário Camboriú, têm em comum a partir de 2019?

Todas possuem coleta mecanizada de resíduos, a forma mais moderna, higiênica, segura e eficiente de realizar o trabalho. Por esses motivos, a coleta mecanizada é adotada em centenas de cidades ao redor do mundo, dentre elas as mais desenvolvidas do planeta.

É a APA da Interpraias liderando a meta da excelência ambiental, primeiro com os esforços para obter a Bandeira Azul* e agora a coleta mecanizada de resíduos. O projeto piloto, aprovado pelas associações de moradores, terá, nesta fase, cerca de 120 contêineres para a população se acostumar com o novo sistema. Progressivamente o serviço poderá ser ampliado para atender 100% das praias agrestes.

Eles não acumulam sujeira, são fiscalizados e limpos sempre que necessário. Por serem fechados, não existe o risco dos resíduos se espalharem como ocorre hoje pela ação de animais ou do clima.

Até as pessoas se habituarem, continuarão as coletas de porta em porta.

Assista o vídeo de como funciona a coleta 

 

*Até 2017 apenas 5 praias brasileiras, 4 marinas e uma embarcação possuíam o mundialmente respeitado certificado de excelência ambiental Bandeira Azul. Em 2018 Balneário Camboriú conquistou a Bandeira Azul para as praias do Estaleiro e Estaleirinho, além da Marina Tedesco, passando a ser cidade brasileira com maior número de certificações. Na praia de Taquaras, a população e o poder público continuam trabalhando para resolver os entraves à obtenção da Bandeira Azul.

Para saber mais sobre o projeto, acesse www.reciclabc.com.br

 

 

Crédito das imagens: Divulgação Ambiental.
Assessoria de imprensa da Ambiental: Waldemar Cezar Neto (MTB2866SC) – Fone (47) 98402.1643
[email protected]

Comente Abaixo