Assassino do Sgt Abílio é morto em confronto com a polícia

A Polícia Militar vinha recebendo informações de que um homem, com extensa ficha criminal, de alta periculosidade estaria ostentando armamento e ocupando o cargo de disciplina da facção estadual, no bairro Conde Vila Verde.

O homem é autor de um homicídio contra o sargento Abílio no ano de 2017, em que assassinou a sangue frio com tiros a queima roupa. Ele chegou a ser preso em 2018 pelo crime, mas foi solto pela justiça. Ultimamente, ele postava em redes sociais fotos suas portando armas e vestindo um colete tático.

Na madrugada deste domingo por volta de 01h45min, após levantamento de seu paradeiro, na rua Monte Olivares, em Camboriú, foi deslocado ao local e, assim que os policiais adentraram no imóvel, foi se deparado com o mesmo portando arma de fogo.

Após verbalização mandando ele se render, o homem efetuou disparos contra os policiais, os quais atingiram uma parede ao lado dos militares. Um dos policiais atirou em revide, acertando o criminoso, que caiu largando a arma.

O SAMU foi acionado, pois o criminoso ainda apresentava sinais vitais. Porém, mesmo após atendimento, o autor veio a óbito no local.

No local, foram apreendidas duas armas de fogo, uma Pistola calibre 9mm, carregada com 14 munições, um revólver calibre 38 e mais 05 munições de 9mm sobressalentes, as quais estavam no bolso do agente. Também foram apreendidas uma porção de maconha e uma bucha de cocaína.

Na sequência foram acionados a Polícia Civil e o IGP, os quais realizaram perícia na cena. Posteriormente, o IML recolheu o corpo.