Associação Catarinense de Autismo faz planejamento para captar recursos

A Associação Catarinense de Autismo (Asca) se reuniu na Assembleia Legislativa, na manhã desta quinta-feira (17), com o apoio da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, para realizar um planejamento de captação de recursos e debater as ações a serem realizadas em 2017. O encontro contou com a participação de dirigentes das nove associações de pais e amigos dos autistas (AMAs) que compõem a Asca e de técnicos que repassaram orientações para as entidades.

Durante o encontro, Cátia Cristiane Purnhagen Franzoi assumiu a presidência da Asca pelo período de três anos. Ela disse que “os principais desafios das entidades que atuam nessa área é conseguir tirar a lei do papel e colocar as políticas públicas em prática, divulgar cada vez mais o autismo e fazer de Santa Catarina uma referência”. A falta de recursos é um fator limitador da atuação das AMAs do estado, daí a importância de planejar e encontrar formas de captar recursos para manter os projetos realizados.

O presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, deputado José Nei Ascari (PSD), destacou a importância do encontro para o planejamento das ações futuras da entidade. “Uma das pautas principais é a discussão das possibilidades de captação de recursos. As instituições carecem de investimentos, carecem de verbas para o custeio de suas atividades e precisam discutir isso em conjunto, com criatividade, para garantir o funcionamento de suas atividades”, disse.

O programa do encontro contemplou uma palestra com dois procuradores que explicaram quais são as possibilidades de isenção de taxas para entidades beneficentes. Uma profissional do Instituto Comunitário da Grande Florianópolis (Icom) orientou a Asca a implantar o Portal Transparência, que é uma ferramenta para dar visibilidade à instituição e facilitar a captação de recursos de empresas privadas, estatais e pessoas físicas. As entidades presentes também receberam orientação sobre como fazer projetos para captação de recursos da Celesc.

Lisandrea Costa
Agência AL
Comente Abaixo