Bafão na COSIP-BC: Perseguição de Gestor com Diretor acaba em soco na cara

Quarta-feira começou quente em Balneário Camboriú. Após fortes indícios de perseguição do gestor da COSIP, Vladimir Trautwein, com um dos diretores da autarquia, acabou em agressão nesta manhã de 31 de março.

Pelo que apurei, no cargo de Diretor de Iluminação Pública desde o mês passado, Hideraldo Beline Demonti tem encontrado algumas irregularidades dentro da autarquia, desde a falta de controle de estoque, falta de controle nos serviços, até funcionários que vão para casa com o veículo da COSIP.

As atitudes de Beline estariam incomodando o Gestor da COSIP, que inclusive proibiu o Diretor de Iluminação Pública de acompanhar os serviços da terceirizada que faz a manutenção dos serviços que são de sua competência. Segundo minhas fontes, não é a primeira vez que Vladimir persegue funcionários, tendo inclusive discussões acaloradas em outras oportunidades com outros diretores.

Nesta manhã, Beline precisou sair para resolver algumas coisas na rua, quando foi informado que um “homem estranho” estaria na frente da sua casa tirando fotos. Quando chegou em casa, encontrou Vladimir Trautwein fazendo fotos e vídeos da sua casa, na sua ausência. De acordo com testemunhas, Vladimir estaria registrando imagens do carro da filha de Beline, que estava na garagem, e as vezes é usado pelo diretor para ir ao trabalho.

O arquiteto Vladimir, que é chamado de engenheiro e não faz questão de desmentir, teria tomado a atitude para criar um “dossiê” contra o diretor e tentar culpá-lo de estar em casa no horário de trabalho. O que Vladimir não contava é que Beline estava na rua, com outro veículo, e o pegou no flagra.

De acordo com testemunhas, depois de uma acalorada discussão e xingamentos, Vladimir teria apelado e ofendido a honra de Beline, dando a entender que o diretor teria regalias por ser “amante” de um homem ligado ao governo. Momento em que Beline desferiu um soco em Vladimir. Após as vias de fato a briga foi separada por populares. Momento em Vladimir que entrou no carro e foi embora.

“Se está tendo briga, é porque tem coisa errada. Ninguém fica queimado assim com alguém que está trabalhando certo e encontrando irregularidade.”, disse a minha fonte. E eu não duvido. Afinal, a pratica de perseguição a empresários, construtores e funcionários, é comum de Vladimir e já foi relatado a mim vários casos.

Inclusive o próprio ex-secretário Auri Pavoni, que teve seu prédio embargado quando Vladimir respondia pela secretaria de planejamento, quando processou o atual gestor da COSIP por calúnia e difamação.

Mesmo com todas as reclamações, desde a época de planejamento, Vladimir permaneceu em bons cargos, sabe-se lá porque.

O texto ainda segue em atualização
Estou tentando contato com as partes, mas sem sucesso.
Trago novidades em breve.

 


Bafão na COSIP-BC: Perseguição de Gestor com Diretor acaba em soco na cara
Coluna Ácido Úrico – Por Gian Del Sent