Balneabilidade em SC tem segunda piora no mês de dezembro

O quarto relatório da qualidade das praias catarinenses desta temporada, emitido nesta sexta-feira pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma), aponta que 76, 2% ou 163 pontos analisados estão próprios para banho, mais uma piora. No terceiro relatório, emitido na semana passada, 77,6% estavam próprios, e no segundo relatório, ainda em dezembro, 79,4%. No começo do mês, 170 locais eram considerados adequados.

A tendência para os últimos dias de 2016, segundo a própria fundação, é de que mais pontos se tornem impróprios. De acordo com a instituição, com o grande fluxo de turistas e mais chuvas, o volume de efluentes aumenta, prejudicando os resultados. O técnico de laboratório Marlon Daniel da Silva, da Fatma, chama a atenção para que os banhistas evitem saídas pluviais e de rios.

Em Florianópolis, dos 75 pontos monitorados, 55 (73,3%) estão aptos para banho, uma melhora em relação ao começo do mês, quando 51 pontos estavam próprios. No restante do Estado, 79,4% (108). As análises foram feitas entre os dias 19 e 23 deste mês.

A Fatma alerta que metade das placas que apontam as condições das praias é alvo de vândalos e, por isso, disponibiliza duas alternativas para consulta da qualidade da água: no site da Fundação ou por meio do aplicativo Praias SC, disponível para Android.

Como é feita a análise
Para dizer se um ponto é próprio ou impróprio para banho, a fundação analisa a presença da bactéria Escherichia Coli, presente em fezes de animais e humanos. São necessárias cinco coletas consecutivas para se obter o resultado. Para esta temporada, as amostras começaram a ser coletadas em  31 de outubro. Quando em 80% das análises a quantidade da bactéria é inferior a 800 por 100 mililitros, o ponto é  considerado próprio.

São analisados pontos em 27 municípios: Araranguá, Bal. Arroio do Silva, Bal. Gaivota, Bal. Camboriú, Bal. Da Barra do Sul, Bal. Rincão, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Piçarras, Porto Belo, São Francisco do Sul e São José.

Por Diário Catarinense

Comente Abaixo